domingo, 29 de janeiro de 2017

Lição 6 - Deus encoraja Josué a liderar e tomar posse da Terra Prometida

Aula presencial dia 5 de fevereiro de 2017


1 - Falar da importância da motivação;
2 - Demonstrar as fontes da motivação para se viver a vida cristã;
3 - Ensinar como buscar a automotivação e ser fiel à visão que Deus nos dá.

 Texto Áureo
“Manda, pois, a Josué, e esforça-o, e conforta-o; porque ele passará
 adiante deste povo e o fará possuir a terra que vires” (Deuteronômio 3:28)

Verdade Aplicada
Uma pessoa sem motivação nada realiza, nada conquista e 
nada experimenta de novo em seu viver.
  
Motivo de Oração
Ore para que, mesmo em dias turbulentos, os cristãos se sintam confiantes.

Hinos sugeridos.
Antes de Assistir os vídeos, se a radio do site estiver tocando, suba a página até a radio e 
toque no vídeo da musica que estiver tocando para interromper o som.

126 - Bem Aventurança do Crente

526 -  Grandioso és Tu

545 - Porque Ele Vive



Josué 1:2, 5:7
2 - Moisés, meu servo, é morto; levanta-te, pois, agora, passa este Jordão, tu e todo este povo, à terra que eu dou aos filhos de Israel.
5 - Ninguém se susterá diante de ti, todos os dias da tua vida; como fui com Moisés, assim serei contigo; não te deixarei nem te desampararei.
6 - Esforça-te e tem bom ânimo, porque tu farás a este povo herdar a terra que jurei a seus pais lhes daria.

7 - Tão-somente esforça-te e tem mui bom ânimo, para teres o cuidado de fazer conforme toda a lei que meu servo Moisés te ordenou; dela não te desvies, nem para a direita nem para a esquerda, para que prudentemente te conduzas por onde quer que andares.

Segunda-Feira – Deteuronômio 3:28
3:28 Manda, pois, a Josué, e anima-o, e fortalece-o; porque ele passará adiante deste povo, e o fará possuir a terra que verás. 

Terça-Feira – Josué 1:9
1:9 Não to mandei eu? Esforça-te, e tem bom ânimo; não temas, nem te espantes; porque o SENHOR teu Deus é contigo, por onde quer que andares. 

Quarta-Feira – 2 Crônicas 20:17 12
20:17 Nesta batalha não tereis que pelejar; postai-vos, ficai parados, e vede a salvação do SENHOR para convosco, ó Judá e Jerusalém. Não temais, nem vos assusteis; amanhã saí-lhes ao encontro, porque o SENHOR será convosco.  
  
Quinta-Feira – Salmos 28:7-8
28:7 O SENHOR é a minha força e o meu escudo; nele confiou o meu coração, e fui socorrido; assim o meu coração salta de prazer, e com o meu canto o louvarei. 
28:8 O SENHOR é a força do seu povo; também é a força salvadora do seu ungido. 

Sexta-Feira – Salmos 90:1-12
90:1 SENHOR, tu tens sido o nosso refúgio, de geração em geração. 
90:2 Antes que os montes nascessem, ou que tu formasses a terra e o mundo, mesmo de eternidade a eternidade, tu és Deus. 
90:3 Tu reduzes o homem à destruição; e dizes: Tornai-vos, filhos dos homens. 
90:4 Porque mil anos são aos teus olhos como o dia de ontem que passou, e como a vigília da noite. 
90:5 Tu os levas como uma corrente de água; são como um sono; de manhã são como a erva que cresce. 
90:6 De madrugada floresce e cresce; à tarde corta-se e seca. 
90:7 Pois somos consumidos pela tua ira, e pelo teu furor somos angustiados. 
90:8 Diante de ti puseste as nossas iniqüidades, os nossos pecados ocultos, à luz do teu rosto. 
90:9 Pois todos os nossos dias vão passando na tua indignação; passamos os nossos anos como um conto que se conta. 
90:10 Os dias da nossa vida chegam a setenta anos, e se alguns, pela sua robustez, chegam a oitenta anos, o orgulho deles é canseira e enfado, pois cedo se corta e vamos voando. 
90:11 Quem conhece o poder da tua ira? Segundo és tremendo, assim é o teu furor. 
90:12 Ensina-nos a contar os nossos dias, de tal maneira que alcancemos corações sábios. 

Sábado – Habacuque 2:1-3
2:1 SOBRE a minha guarda estarei, e sobre a fortaleza me apresentarei e vigiarei, para ver o que falará a mim, e o que eu responderei quando eu for argüido. 
2:2 Então o SENHOR me respondeu, e disse: Escreve a visão e torna bem legível sobre tábuas, para que a possa ler quem passa correndo. 
2:3 Porque a visão é ainda para o tempo determinado, mas se apressa para o fim, e não enganará; se tardar, espera-o, porque certamente virá, não tardará. 
2:4 Eis que a sua alma está orgulhosa, não é reta nele; mas o justo pela sua fé viverá. 


IMPORTANTE
Apresento neste Blog a Lição Completa conforme a 
Revista Lições Bíblicas do Professor, os meus comentários 
estarão no final deste estudo. Logo após o "Questionário"

TENHA UM BOM ESTUDO !




Aval: Apoio; aprovação, reconhecimento;
Imprescindível: Essencial, indispensável, necessário;
Míope: Distúrbio visual; vista curta; falta de inteligência.

ESBOÇO DA LIÇÃO
Introdução
1. A importância da motivação.
2. As fontes de motivação.
3. Como motivar a si mesmo?
Conclusão

Introdução
O primeiro capítulo do livro de Josué não começa com milagres, mas com motivação para que tanto o líder quanto o povo sejam capazes de enfrentar novos desafios (Js 1.5).

1. A importância da motivação.
Uma pessoa sem motivação nada realiza, nada conquista e nada experimenta de novo em sua vida. Por causa disso, Josué foi motivado para alcançar as promessas divinas e conduzir seus liderados a alcançarem o mesmo.

1.1. A motivação liberta nosso potencial.
Para Deus, não era difícil colocar o povo em Canaã, afinal de contas Ele é Todo-Poderoso. Mesmo assim, interiormente, o povo não estava preparado para esse novo de Deus em suas vidas e, por esse motivo, eles tiveram de sofrer um tratamento especial em meio ao deserto e ao longo de todos aqueles anos (Êx 13.17-18). Eles eram obstinados e, acima de tudo, medrosos (Os 4.16). Eram pessoas que sempre precisavam de cuidados especiais, não poderiam ser guiados por uma pessoa qualquer. O líder deveria ser alguém dotado de uma capacidade especial, de uma sensibilidade apurada e de uma visão clara. Josué demonstrou ser esse homem de fé e obediência que o Senhor precisava. Porém, boas qualidades precisavam estar recheadas de motivação.
                                                        SUBSÍDIO DIDÁTICO
Existem pessoas muito talentosas na casa de Deus, mas que precisam de motivação. Muitos estão sem forças para lutar, sem esperanças e precisam ouvir uma palavra da boca de Deus para alavancar e desenvolver seu potencial. Se não existe um motivo para viver, que graça há em continuar respirando? Motivação é tudo, ainda mais quando vem da boca do nosso Deus. 

1.2. A necessidade de estar motivado.
Substituir quem nunca fez nada é fácil, mas assumir a direção onde alguém fez história, como Moisés, era algo que certamente mexia com todos os brios de Josué. Ainda que tivesse o apoio de todos, juntamente com a aprovação de Deus, a motivação era-lhe um requisito indispensável (Pv 16.24). Ninguém seguiria a Josué se notassem nele depressão ou falta de energia. É de suprema importância que o nosso tanque motivacional esteja cheio para a realização de qualquer tarefa que devamos executar. Ninguém está disposto a seguir pessoas cansadas, desencorajadas e sem alvos.
                                                        SUBSÍDIO DIDÁTICO
Ao examinarmos bem a vida de Josué, veremos que ele era um servo disciplinado, homem de comunhão e intimidade com o Eterno Deus. Era grande a responsabilidade e o desafio (Js 1.6). Josué recebeu todo o apoio do Senhor Deus, mas uma expressão estava adicionada ao seu sucesso: “esforça-te”, Isto significa que deveria banhar-se na fonte (o próprio Deus) que o motivava continuamente.

1.3. A motivação gera forças para seguirmos adiante.
Deus dá Seu aval a Josué diante da congregação e todos o veem como um sucessor amparado pelo Senhor. Todavia, para ele havia um misto de terror e de grande responsabilidade estar diante daquele povo (Js 1.1-5). Ele viu a antiga geração impedi-lo de tomar posse de sua herança há anos atrás. Viu também seu líder ficar de fora da terra por causa das atitudes incrédulas daquela geração. Josué precisava realmente de um tratamento de choque da parte do Senhor (Js 14.6-8). Não passava pela mente de Josué o status de tão elevada posição. Sua geração foi conquistadora, mas o ponto principal das conquistas foi a estratégia divina e sua fé em cumpri-la.
                                                        SUBSÍDIO DIDÁTICO
Existem dias em nossas vidas que a única coisa que queremos é tirar férias. São dias em que desejamos fugir para um lugar bem distante e renovar as nossas perspectivas. Porém, Josué não tinha essa opção. Ele tinha uma nova missão todos os dias, até chegar à Terra Prometida. É importante ter motivação em nossas vidas. É essa motivação que nos fará acordar cedo para assumir os riscos de uma missão. Josué sabia muito bem que os riscos eram grandes, mas também sabia que Deus era com ele. Não existe tarefa impossível quando o Senhor se dispõe a lutar por nós (2Cr 20.17).

2. As fontes de motivação.
Quanto mais nos aproximamos do Senhor, mais as pressões e as provações se intensificarão e concorrerão para desestimular a nossa caminhada. Por isso, precisamos estar motivados, sem jamais perder o foco da fonte que nos motiva.

2.1. A fonte suprema: Deus.
A narrativa nos indica como Josué alcançou a motivação necessária para dar início à sua tão arriscada empreitada (Js 1.5-6). Ao ver tamanha declaração, poderíamos nos perguntar porque somos tão cheios de estratégias que não nos levam a lugar algum? É que não tentamos para esses detalhes. Queremos avivar o fogo de hoje com as brasas de ontem. Esquecemos que existe uma fonte contínua que nos inspira e motiva a avançar através dos rios e por sobre as muralhas. Acreditamos na metodologia humana e nos esquecemos que Deus trabalha com métodos espirituais (Is 28.21b).
                                                         SUBSÍDIO DIDÁTICO
Podemos admirar todos os ministérios levantados por Deus, mas não esqueçamos de que Ele é a fonte. Lembremos que o véu foi rasgado e temos acesso à fonte de onde tudo provém. O mesmo Deus que atuou na vida de Moisés e Josué também está conosco. Ele ainda é o “Eu Sou”, não é “Eu Era” (Hb 13.8). O Eterno Deus não mudou Sua forma de atuar. Nós é que mudamos nossa forma de caminhar com Ele. 

2.2. A fonte secundária: a liderança.
A segunda fonte de grande motivação de Josué foi sua liderança. Uma liderança iluminada por Deus é imprescindível. Moisés é incumbido por Deus para tanto animar quanto fortalecer o seu sucessor (Dt 3.28). Homens guiados por Deus jamais ficam míopes. Eles sempre perceberão a necessidade de animar e encorajar aqueles que devem seguir adiante (Hc 2.1-3). Qualquer instituição que deseje seguir adiante observará essa regra fundamental: a de preparar pessoas e encorajá-las para avançar. 
                                                        SUBSÍDIO DIDÁTICO
Josué 1.1-9 é uma enumeração de promessas e instruções para Josué e todo Israel. Esses versículos iniciais são um sumário da instrução de Deus a Moisés mediante sua repetição a Josué. Também atendem a um propósito político: mostrar que Josué é o líder de Israel reconhecido por Deus como o sucessor de Moisés. É preciso destacar aqui que épocas de transição de liderança são ocasiões de instabilidade em potencial e de catástrofe para a segurança de qualquer grupo. Nesses capítulos iniciais do livro de Josué, encontramos um texto após outro legitimando a autoridade de Josué e dessa forma assegurando que o falecimento de Moisés não seria o começo de uma luta pelo poder. Pelo contrário, os textos mostram Josué como sucessor de Moisés, recebendo as promessas e instruções divinas para a liderança do povo, as quais também haviam sido dadas a Moisés. Os papeis de liderança de Josué em questões políticas, militares e religiosas estão em destaque antes da travessia do Jordão.

2.3. A Fonte inalienável: nós mesmos.
Os dias atuais estão marcados por pessoas que servem a Deus, que são bons cristãos, mas que vivem dependendo sempre da oração, da unção ou de uma palavra vinda dos lábios de alguém. Pessoas que por si só não conseguem fazer a manutenção de suas vidas, precisam sempre ser carregadas e, quando isso não ocorre, elas não se dão ao compromisso de manter acesas as chamas espirituais de suas vidas (Mt 25.8). Vide as exortações de Paulo a Timóteo 4.16; 2Tm 2.1; 2.15).
                                                        SUBSÍDIO DIDÁTICO
Em tempo de seca, as raízes mestras das árvores buscam água no profundo da terra. Assim, de maneira semelhante, nós, cristãos, devemos também agir (Sl 1.1-3). Quando nos faltar motivação, devemos nos esforçar e aprofundar nossa busca. Devemos entender a importância desse assunto, visto que somos responsáveis em dar manutenção ao nosso ânimo. Vale a pena destacar aqui que, infelizmente, é altíssimo o percentual de pessoas que buscam aconselhamento em gabinetes pastorais que não tem contato com a Palavra de Deus e não são frequentes nos cultos (Os 4.6a). É claro que essas pessoas sempre vão precisar de aconselhamento, mas, se seguissem corretamente os conselhos de Deus, elas certamente é quem seriam conselheiras.

3. Como motivar a si mesmo?
Há pessoas que se acomodaram e se acostumaram a ter quem lhes acalente por toda a vida. Tais pessoas já não possuem mais alvos, um motivo para acordar e lutar por ele, uma razão para viver. Vejamos alguns conselhos práticos:

3.1. A motivação começa quando estabelecemos um alvo.
Josué tinha um alvo em sua vida, uma missão designada por Deus. Seu alvo era habitar em Canaã com seu povo, os filhos de Israel. Ele dedicou toda a sua vida nesta direção e foi escolhido por Deus para desempenhar a missão de empossá-los na terra da promessa (Js 1.6). Há uma coisa muito importante a ser considerada no tocante ao desenvolvimento de alvos para as nossas vidas. Devemos conhecer os dons, aptidões ou talentos que possuímos e ter a completa certeza de que Deus nos usará através deles. Deus nos usará para a Sua glória e no cumprimento de Sua vontade deve estar a nossa satisfação (Sl 28.7-8). O alvo projetado por Deus revela duas coisas para nossa vida: esforço e ânimo. Desprenderemos forças, mas deveremos agir com alegria (Js 1.9).

                                                        SUBSÍDIO DIDÁTICO
Josué, como líder dos filhos de Israel, realmente precisava ser reanimado depois de tudo o que viveu por causa de seus antepassados. Se existe uma coisa que rouba as oportunidades de nosso futuro, é um passado presente. Deus foi estratégico e curador ao proferir essas palavras diante do povo. O Senhor sabia que Josué era talentoso, mas precisava ser honrado diante dos demais. O segredo do futuro é não permitir que o passado nos impeça de prosseguir (Fp 3.13-14).

3.2. A motivação correta produz alegria e contentamento.
Os quarenta anos no deserto nos ensinam uma grande lição. Podemos também estar na casa de Deus e andar errantes, sem chegar a lugar algum (Sl 122.1). Se soubéssemos quem somos e qual a nossa missão a vida teria mais sentido. Nossa motivação deve ser fazer a vontade de Deus. Se nossa motivação for outra, resultará em cansaço, aborrecimento e uma sensação de que Deus não está conosco. Podemos perder muito tempo na vida sem nada realizar (Sl 90.12). Porém, estando no lugar certo e sendo a pessoa certa para tal realização, jamais reclamaremos de nada.
                                                        SUBSÍDIO DIDÁTICO
Precisamos estar sempre no centro da vontade de Deus. O que devemos motivar e nos empenhar a trabalhar a todo o vapor é saber que tudo aquilo que estamos fazendo vai glorificar a Deus a não a nós.

3.3. Motivados por uma visão.
Uma visão dada por Deus nos traz responsabilidades, mas também produz alegria. É triste viver sem utilidade no Reino de Deus. Ao saber que fora escolhido para introduzir o povo em Canaã, Josué tomou para si a visão como um destino. Cumprir a missão era sua respiração. Todos os dias ele acordava sabendo tanto para onde ir quanto o que deveria fazer. Que contraste com a nossa geração. Vemos pessoas tão perdidas, com uma vida tão triste e sem sentido. O que mais vemos hoje são pessoas se autodestruindo através das drogas, da pornografia e de toda a sorte de pecados. Se não existe visão, não existe motivo para seguir adiante.

SUBSÍDIO DIDÁTICO
O ser humano não foi criado para perecer levianamente. Por isso, a vida precisa ter sentido. Se não estivermos comprometidos com uma visão, podemos correr o risco de nos tornarmos negligentes, críticos e infiéis. O importante não é só ter uma visão, mas andar nela. Josué foi lembrado como um exemplo formidável de um líder escolhido por Deus e que exercitou a fé de acordo com a vontade do Senhor (Hb 11.30). Como tal, pôde representar o povo diante de Deus e liderar os israelitas. No sentido de um líder que mostrou ao seu povo o caminho da fé e o levou à aliança com Deus, a vida de Josué foi uma prefiguração da do Filho de Deus.

Conclusão
Qual é a fonte de nossa motivação? Quando nosso coração está cheio de Deus, tudo o que desejamos é produzir frutos que O alegrem. Busquemos sempre saber o que fazer e o façamos com a motivação correta.



1. Por que Josué precisava ser motivado?
R: Por que ninguém segue uma pessoa deprimida e sem energia (Js 1.6).

2. Do que Josué precisava realmente da parte do Senhor?
R: De um tratamento de choque (Js 14.6-8).

3. Com quais métodos Deus trabalha?
R: Com métodos espirituais (Is 28.21b).

4. Do que Moisés foi incumbido por Deus?
R: Tanto animar quanto fortalecer o seu sucessor (Dt 3.28).

5. O que o alvo projetado por Deus revela para a nossa vida?
R: Esforço e ânimo (Js 1.9).

Fonte: Revista de Escola Bíblica Dominical, Betel, Aprendendo com as Gerações Passadas, A importância, responsabilidade e o legado de uma geração temente ao Senhor para enfrentar as complexidades e os desafios da pós-modernidade, Jovens e Adultos, edição do professor, 1º trimestre de 2017, ano 27, Nº 102.

                             AGORA VAMOS AOS COMENTÁRIOS SOBRE ESTA LIÇÂO.  TENHA BOM ESTUDO !                             
Antes de Assistir os vídeos, se a radio do site estiver tocando, suba a página até a radio e 
toque no vídeo da musica que estiver tocando para interromper o som.



                 

                                                                                                                                                                                       
Lição 6 - Deus encoraja Josué a liderar e tomar posse da terra prometida

Introdução
Motivação é o ato ou efeito de motivar (servir de motivo),e nesta lição veremos que Deus apresenta vários motivos para Josué não desanimar e cumprir a sua tarefa, por exemplo, "Moisés, meu servo, é morto; levanta-te, pois, agora, passa este Jordão, tu e todo este povo, à terra que eu dou aos filhos de Israel"  (Js 1:2). O mesmo não ocorreu com Jonas que não se sentiu motivado a cumprir o ide do Senhor e infelizmente resolver partir rumo ao fracasso (Jn 1:3). Promova um rápido debate com a classe indagando, "O que faltou para Jonas se sentir motivado?"
Nota: Na Verdade faltou Jonas se aproximar de Deus rogando suprimento e condições para executar a missão, certamente Deus o atenderia e o motivaria...

Texto Áureo
Comente que a motivação deve ser trabalhada na vida dos futuros Líderes.

1.    A Importância da Motivação
A motivação é fundamental em tudo que pretendemos realizar com sucesso, você já realizou algo desmotivado? qual foi o resultado? Acredito que não foi muito bom e provavelmente ficou aquém do esperado.

1.1 A motivação liberta o nosso potencial
É exatamente isso que o apóstolo Paulo procura fazer em Timóteo,
"Não desprezes o dom que há em ti, o qual te foi dado por profecia, com a imposição das mãos do presbitério. Medita estas coisas; ocupa-te nelas, para que aproveitamento seja manifesto a todos" (1 Tm 4:14,15).

1.2 A necessidade de estar motivado
Para aqueles que estão à frente de uma missão a motivação não é uma opção, mas uma necessidade permanente. Tive a oportunidade de congregar com um pastor muito experiente que nos ensinava nunca demonstrar desanimo diante da congregação sob pena de sermos levados ao fracasso. Sobre isso encontramos um versículo muito interessante em provérbios, que diz: "Se te mostrares fraco no dia da angústia, é que a tua força é pequena" (Pv 24:10).

1.3. A motivação gera força para seguirmos adiante
Não poderia existir algo mais motivador do que vir do próprio Deus, "como fui com Moisés serei contigo". Neste tópico é importante destacar que o segredo da motivação, da vitória é a presença do Senhor. Que possamos dizer como Moisés em Êxodo 33:14,15 que diz: "Disse pois: Irá a minha presença contigo para te fazer descansar. Então lhe disse: Se tu mesmo não fores conosco, não nos faças subir daqui "A derrota de um líder começa quando se sente alto suficiente, Jesus nos ensinou, "sem Mim nada podereis" (ver Jo 15:5).

2. As fontes de motivação
Para nós cristãos a motivação é uma ação conjunta entre o Espírito Santo (Deus) e nós (humanos), em Atos 4:31 diz "E tendo orado, moveu-se o lugar em que estavam reunidos; e todos foram cheios do Espírito Santo, e anunciavam com ousadia a palavra de Deus". Para entendermos melhor vamos ver algumas fontes de motivação.

2.1 A fonte suprema:  Deus 
Note que o comentarista fundamenta sua explicação em Js 1:5-6 que diz "Ninguém te poderá resistir, todos os dias da tua vida; como fui com Moisés, assim serei contigo; não te deixarei nem te desampararei. Esforça-te, e tem bom ânimo; porque tu farás a este povo herdar a terra que jurei a seus pais lhes daria" , como podemo ver este versículo mostra claramente que a fonte da motivação de Josué era as palavras do próprio Deus. Amados, cuidado com falsas fontes de motivação que pode aparentar ter como fonte Deus, todavia pode ser de fonte diabólica, por exemplo: Essa moça seguia Paulo e a nós, gritando: "Estes homens são servos do Deus Altíssimo e lhes anunciam o caminho da salvação". Ela continuou fazendo isso por muitos dias. Finalmente, Paulo ficou indignado, voltou-se e disse ao espírito: "Em nome de Jesus Cristo eu lhe ordeno que saia dela!" no mesmo instante o espírito a deixou (Atos 16:17,18)

2.2 A fonte secundaria: a liderança
Destaque para a classe que a liderança no caso de Josué, não se tratava de uma liderança como dom natural, mas dada pelo próprio Deus para conduzir o povo.
"Ninguém te poderá resistir, todos os dias da tua vida; como fui com Moisés, assim serei contigo; não te deixarei nem te desampararei" (Josué 1:5). 
Portanto a liderança para conduzir o povo de Deus não se adquire em algum curso de liderança mas o próprio Deus nos qualifica para fazer a obra.
Ps. Não estou dizendo que não devemos estudar

2.3 A fonte inalienável: nós mesmo
Na lição passada comentei em minha classe que uma das causas de muito prejuízos espirituais na vida do cristão é o afastamento da palavra de Deus. A palavra de Deus é a forma mais eficaz de ouvirmos a voz de Deus nos corrigindo, nos fortalecendo, nos animando. "Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça" (2 Tm 3:16).
A aproximação da Palavra de Deus nos faz buscar manutenção para nossas vidas, desprezando falsos ensinos sobre sustento espiritual.

3. Como motivar a si mesmo?
Sou professor na rede estadual de SP e ensino matemática. Para alcançar meus objetivos, ou seja, uma boa aprendizagem dos alunos, procuro motivá-los sobre a importância de se aprender matemática para enfrentar os desafios profissionais que virão pela frente. Não poderei incentivá-los o tempo todo, por isso procuro de certa forma encaminhar os alunos a se sentir motivados no estudo da matemática. Vejamos agora esta situação no sentido de nossa vida espiritual:

3.1 A motivação começa quando estabelecemos um alvo
No caso de Josué a motivação era alcançar a terra prometida, "Esforça-te, e tem bom ânimo; porque tu farás a este povo herdar a terra que jurei a seus pais lhes daria" (Js 1:6). Pergunte para seus alunos o que lhes motiva ser cristãos ?
Espero que as respostas seja semelhante ao texto abaixo:
"Se esperamos em Cristo só nesta vida, somos os mais miseráveis de todos os homens" (1 Co 15:19).

3.2 A motivação correta produz alegria e contentamento
Destaque para seus alunos que um dos motivos do sucesso de Josué era estar no centro da vontade de Deus e em tudo procurava agradá-lo (assunto da próxima lição Js 3:5). Tudo que fazemos nunca deve ser para agradar o homem, mas para gloria de Deus, isto é você deve ajudar o seu pastor naquilo que for possível para o crescimento da obra de Deus, isto é maravilhoso, mas sempre fazendo para o Senhor. "Portanto, quer comais quer bebais, ou façais outra qualquer coisa, fazei tudo para glória de Deus" (1 Co 10:31).

3.3 Motivados por uma visão
Sem duvidas, Josué é para nós um exemplo de visão, determinação, motivação... Hoje Deus continua esperando que cada "servo" cumpra o seu papel para o qual foi chamado. Jesus nos falou sobre isso: "Nisto é glorificado meu Pai, que deis muito fruto; e assim sereis meus discípulos" (Jo 15:8).

* Para finalizar leia a conclusão

Bibliografia
Bíblia de Estudo Pentecostal, Almeida revista e corrigida, Rio de Janeiro, CPAD
Revista jovens e adulto - Professor- 1 Trimestre, Editora Betel

                                                                                                                                                                                       
           Lição 6 - Deus encoraja Josué a liderar e tomar posse da terra prometida

1.    A IMPORTÂNCIA DA MOTIVAÇÃO
Antes de falar da importância da motivação com seus alunos, aborde a importância da preparação daqueles que serão nossos sucessores, daqueles que irão fazer parte da "nova geração". Vejamos: Moisés trabalhou para Deus em conjunto com Josué, e deixou um legado valioso para a nova geração que iria entrar na terra prometida. Josué foi testemunha ocular da libertação do povo do Egito, foi o fiel companheiro e ajudante de Moisés por quarenta anos. Moisés atribuiu a Josué varias tarefas, a saber: Foi Josué comissionado para ser general do exército de Israel (Êx 17:8-9), Foi Josué que foi encarregado do Tabernáculo durante a remoção do acampamento (Êx 33:11), Foi Josué o representante da tribo de Efraim para espiar a terra de Canaã (Nm 13:8,16), Foi Josué o acompanhante de Moisés no Monte Sinai (Êx 24:13), etc.

Enfatize para seus alunos, a importância daqueles que tem algum cargo na igreja de motivar e preparar uma nova geração de trabalhadores para esta grande seara. Por exemplo: Como professores é nosso dever motivar nossos alunos para adquirir conhecimento da palavra de Deus, é nosso dever observar cada um deles e lapidar os talentos para a futura docência na Igreja. Como maestro da orquestra da Igreja é dever  observar aquele musico que se destaca, que mostre o dom para ensinar musica e que seja capaz de reger a orquestra em sua ausência. Como pastores de igrejas cabe a responsabilidade de preparar, lapidar, motivar os irmãos para o trabalho na obra de Deus. Infelizmente, muitos pastores, não dão oportunidades para os irmãos desenvolverem ministerialmente na igreja. Hoje em dia é extremamente comum nas igrejas ver obreiros encostados, homens de Deus que trabalhavam incansavelmente na liderança do pastor anterior, serem colocados dentro de uma câmara fria pelo novo pastor, não tendo oportunidades de trazer se quer um devocional para a igreja. Isso tem causado uma grande fuga de obreiros para outros ministérios e para outras denominações.

Através da transição de Liderança de Moisés para Josué,  “podemos aprender muito sobre sucessão pastoral na Igreja atual. É o Espírito Santo quem capacita o sucessor, mostrando para o sucedido suas características ministeriais. Em se tratando, da obra de Deus, é Ele mesmo, quem capacita, independente do grau de parentesco, de amizade ou influências pessoais. É Ele mesmo quem dá para a Igreja os obreiros necessários e capazes de dar continuidade à obra (Ef. 4:11)”.
(Pr. Jorge Albertacci – Assembléia de Deus do Retiro - RJ)

Estimado professor, se tiver a oportunidade e a coragem que o profeta João Batista teve no seu ministério. Aborde as questões:

1)    Ninguém consegue realizar o projeto de Deus sozinho
Ultimamente esta virando um modismo, sabe-se lá por quais motivos, alguns pastores estão tendo a “síndrome do ciúme do microfone”, onde ninguém mais tem a oportunidade de pregar ou ministrar, contar um testemunho, louvar ao Senhor com um hino avulso, etc ... é só o pastor que fala e canta o culto inteiro. Misericórdia !
Cadê a motivação?  Pra que a irmã vai ensaiar um hino avulso em casa se sabe que nunca terá a oportunidade de cantá-lo na igreja ?
Pra que o obreiro vai estudar uma palavra, fazer um esboço de sermão se sabe que nunca terá a oportunidade na igreja ?
Isso é desmotivador, desculpe mas é uma vergonha o que alguns pastores estão fazendo com a igreja. Deus vai cobrar !
Realmente concordo com o nosso comentarista “Existem pessoas muito talentosas na casa de Deus”, mas não tem motivação e oportunidades de alavancar e desenvolver seu potencial.

2)    Nenhum ser Humano é insubstituível
É um perigo quando começamos a nos sentir como “a última bolacha do pacote”, durante um culto, empolgado em suas palavras um certo pastor disse: “Quem manda nesta casa sou eu”.  Dispensando comentários, apenas confesso que em mais de trinta anos de crente, nunca ouvi tais palavras de um desses pastores valorosos, que atualmente se encontram jubilados.
Deus é que manda na Igreja e Ele não depende de nossas qualificações para realizar os seus projetos. Deus nunca se prendeu a uma única pessoa a fim de cumprir seus eternos propósitos, mas os executa plenamente com os que se despõem a cumprir sua palavra. Deus pode salvar alguém que esta nas sarjetas e trazer para realizar a sua obra, substituindo quem quer que seja.  Duvida disso?

2.    AS FONTES DE MOTIVAÇÃO

Deus é nossa fonte contínua que nos inspira e motiva. 
Elias, um grande profeta de Deus, fugindo de Jezabel, deprimido diz para Deus que a vida não tem mais sentido (1 Rs 19:4-7), porque todos se desviaram e apostataram da fé indo após outros deuses. Então vem a voz de Deus dizendo: nada disso Elias ainda há mais sete mil que não se dobraram diante de Baal (I Rs 19:18).
Elias levanta-te e come, pois muito longo será o caminho. Está vendo como nosso Deus é motivador, um Deus que coloca seu povo para trabalhar para o Reino de Deus. Deus não quer ver seus obreiros consagrados em uma câmara fria, enterrando seus talentos, desmotivados. 

Liderança é nossa fonte secundária de motivação, ou pelo menos deveria ser. "O poder da motivação é o maior poder essencialmente humano sobre a terra. Nada pode resistir ao avanço de uma igreja, ou de um grupo, ou de um Líder realmente motivado e entusiasmado" (Pr. Olavo Alencar). 
Moisés não tinha ciúmes da sua posição de Líder, não tinha medo de alguém mais capacitado espiritualmente tomar seu cargo. Moisés motivava seus liderados olhando para os projetos de Deus. Hoje em dia, algumas lideranças pastorais não estão motivando e encorajando pessoas para avançar, existem lideranças pastorais com medo de perder seus postos, com medo de encontrar alguém no seu caminho com mais capacidade e dons espirituais, para isso sacrifica projetos do Reino de Deus. Misericórdia ! Vamos ver até quando Deus vai permitir homens escolhido por homens, por influências de qualquer tipo, liderar sua igreja com esta visão míope.
Particularmente fico muito feliz de ver Deus usar poderosamente uma pessoa, mais tem alguns que ficam tristes, enxergam a pessoa como alguém que futuramente coloca sua posição de liderança em risco. Misericórdia! Este tipo de atitude encontramos aos montes nos ambientes corporativos, apesar de muitos ver a igreja como um bom negócio, NÃO É, continua sendo CASA DE ORAÇÃO. 

Nós Mesmos ou a Automotivação também é uma fonte de motivação. Nós mesmos precisamos nos motivar, não podemos viver dependendo da fé de outros
irmãos. Precisamos reagir as adversidades da vida, precisamos colocar nossa fé em ação,  nós precisamos encher nossas lâmpadas de azeite para mantê-las acesas, somos responsáveis pelo nosso ânimo. 
Em Mateus 25:1-13, na parábola das dez virgens, podemos observar que a responsabilidade de manter a lâmpada acesa é nossa. Cada virgem tinha que manter sua lâmpada acesa aguardando o esposo chegar, todavia, ele voltou em um dia em que cinco das dez virgens estavam com as lâmpadas apagadas e foram comprar azeite, essas perderam a benção e  não foram acolhidas pelo nosso Deus. 


                                          
3.    COMO MOTIVAR A SI MESMO ?
     Caros Professores, neste tópico vou deixar alguns vídeos sobre este tema, assista todos eles. Bom Estudo! Tire destes vídeo exemplos para mudar algo na sua EBD, na sua IGREJA, na sua LIDERANÇA, na sua VIDA, nos seus PROJETOS e OBJETIVOS. Ouvi este palestrante Daniel Godri em uma das empresas onde trabalhei e achei interessante compartilhar alguns vídeos.  PS. Retenha o que for bom (garanto que tem muitas coisas boas)

Antes de Assistir os vídeos, se a radio do site estiver tocando, suba a página até a radio e 
toque no vídeo da musica que estiver tocando para interromper o som.

O MAIOR MOTIVADOR DO MUNDO SE CHAMA JESUS CRISTO
Duração 20 minutos -  Daniel Godri

1 DICA DE COMO MOTIVAR A SI MESMO. PENA QUE NESTE VIDEO SÓ TEM 1 DICA
Duração 3 minutos -  Daniel Godri

A IMPORTANCIA DOS DETALHES. FAÇA O MELHOR MESMO QUE NINGUEM ESTEJA VENDO.
Duração 3 minutos -  Daniel Godri

O VALORIZADO. NA IGREJA TAMBEM DEVEMOS TRABALHAR EM EQUIPE.
Duração 3 minutos -  Daniel Godri

                                                         MUSICA ESCOLHIDA DESTA SEMANA                                                                    
Antes de Assistir os vídeos, se a radio do site estiver tocando, suba a página até a radio e 
toque no vídeo da musica que estiver tocando para interromper o som.

EU CUIDO DE TI
Duração 5 minutos -  Canção e Louvor

                                                                OUTROS VÍDEOS INTERESSANTES                                                                
Antes de Assistir os vídeos, se a radio do site estiver tocando, suba a página até a radio e 
toque no vídeo da musica que estiver tocando para interromper o som.

Estimado professor, que tal assistir o vídeo abaixo e ficar por dentro da vida de Josué ? Bom Estudo !
ESTUDO: A VIDA DE JOSUÉ
Duração 13 minutos - Um belo Resumo

Josué, inicialmente, chamava-se Oséias (Nm 13:8), todavia, mais tarde, Moisés mudou seu nome (Nm 13:16). Oséias em hebraico significa apenas "salvação", enquanto que Josué, "o Senhor é salvação". O grande profeta certamente sabia que aquele fiel e corajoso jovem ainda seria poderosamente usado por Deus para "salvar seu povo" das mãos dos inimigos, conduzindo-o com segurança à Terra Prometida. O nome Josué aparece na Bíblia mais de 200 vezes.
Fonte: Revista CPAD - 1 Trimestre de 2009 - Elienai Cabral - Lição 1 pág.5

                                                                                                                                                                                       

Nenhum comentário:

Postar um comentário