segunda-feira, 3 de julho de 2017

Lição 2 - O comunicador e a mensagem de salvação.

Aula presencial dia 9 de Julho de 2017

Estimado professor,   acredito que já tenha percebido que nosso slide semanal traz uma abordagem completa de todos os pontos abordados na lição. É um resumo da lição fazendo uso de uma metodologia moderna de ensino,  tornando-o mais eficiente e efetivo. Aplica-se ao conteúdo da lição, ilustrações com figuras relacionadas com cada tópico a ser ensinado.  Faça bom uso !  Baixe o Slide, Tenha liberdade de alterá-lo se desejar, Divulgue e Compartilhe.


1 - Expor a maneira correta de anunciar o Evangelho;
2 - Mostrar como o mensageiro deve ser exemplo e como deve amadurecer paulatinamente em Cristo;
3 - Discursar acerca da salvação e os passos para alcança-la.

 Texto Áureo
“Fiz-me como fraco para os fracos, para ganhar os fracos. Fiz-me tudo para todos, para, por todos os meios, chegar a salvar alguns” (1Co 9.22)

Verdade Aplicada
É inestimável o valor de uma alma para Deus. Por isso, devemos mover todos os nossos recursos e empregar todas as nossas forças para conduzi-las à salvação.
  
Motivo de Oração
Ore para que muitos tenham acesso às Escrituras em seu idioma.

Hinos sugeridos.
Antes de Assistir os vídeos, se a radio do site estiver tocando, suba a página até a radio e 
toque no vídeo da musica que estiver tocando para interromper o som.

27 - Amor que Vence

39 - Alvo mais que a Neve

127 - O Senhor da Ceifa


 Atos 2:46-47 
46 E, perseverando unânimes todos os dias no templo e partindo o pão em casa, comiam juntos com alegria e singeleza de coração,

47 louvando a Deus e caindo na graça de todo o povo. E todos os dias acrescentava o Senhor à igreja aqueles que se haviam de salvar.

 Atos 4:4 
Muitos, porém, dos que ouviram a palavra creram, e chegou o número desses homens a quase cinco mil.

 Atos 5:42 
E todos os dias, no templo e nas casas, não cessavam de ensinar e de anunciar a Jesus Cristo.


Segunda-Feira –  Isaías 59:2 
59 : 2 Mas as vossas iniqüidades fazem separação entre vós e o vosso Deus; e os vossos pecados encobrem o seu rosto de vós, para que não vos ouça.

Terça-Feira –  Mateus 9:37 
9 : 37 Então disse aos seus discípulos: "A seara é grande, mas os trabalhadores são poucos.

Quarta-Feira –  Mateus 16:13-16 
16 : 13 Chegando Jesus à região de Cesaréia de Filipe, perguntou aos seus discípulos: "Quem os homens dizem que o Filho do homem é?
16 : 14 Eles responderam: "Alguns dizem que é João Batista; outros, Elias; e, ainda outros, Jeremias ou um dos profetas
16 : 15 E vocês? , perguntou ele. Quem vocês dizem que eu sou?
16 : 16 Simão Pedro respondeu: "Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo

Quinta-Feira –  1Timóteo 4:15-16 
4 : 15 Seja diligente nestas coisas; dedique-se inteiramente a elas, para que todos vejam o seu progresso.
4 : 16 Atente bem para a sua própria vida e para a doutrina, perseverando nesses deveres, pois, fazendo isso, você salvará tanto a si mesmo quanto aos que o ouvem..
  
Sexta-Feira –  Hebreus 12:1-2 
12 : 1 Portanto nós também, pois que estamos rodeados de uma tão grande nuvem de testemunhas, deixemos todo o embaraço, e o pecado que tão de perto nos rodeia, e corramos com paciência a carreira que nos está proposta
12 : 2 Olhando para Jesus, autor e consumador da fé, o qual, pelo gozo que lhe estava proposto, suportou a cruz, desprezando a afronta, e assentou-se à destra do trono de Deus

Sábado –   1 João 1:9 
1 : 9 Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça.


IMPORTANTE
Apresento neste BLOG o Esboço da Lição e os comentários como 
professor de EBD em cima do PAE - PLANO DE AULA EXPOSITIVA 
NÃO APRESENTO O CONTEÚDO COMPLETO DIGITALIZADO DAS REVISTAS
TENHA SUA REVISTA EM MÃOS E FAÇA UM BOM ESTUDO !




ESBOÇO DA LIÇÃO
Introdução
1. A comunicação do Evangelho.
2. A mensagem e o mensageiro.
3. A mensagem da salvação.
Conclusão
Clique aqui para Visualizar o PAE (Plano de Aula Expositiva) da Editora Betel



                   


INTRODUÇÃO
Evangelismo pessoal é a ação de comunicar o plano divino de salvação, a partir de um contato direto entre o evangelista e a pessoa a ser evangelizada. Falar de Cristo é uma tarefa que exige vida prática.
Comunicação provêm to termo latim “communis” , que significa comum, por esse motivo, ao comunicar-se, se estabelece algo comum com alguém.
http://queconceito.com.br/comunicação)visitado em 03/07/17
Somente é possível tornar comum com alguem, algo que possuímos, no caso especifico do evangelismo pessoal é necessário conhecer Jesus para comunicar ao pecador.

TEXTO ÁUREO.
Fiz-me como fraco para os fracos, para ganhar os fracos. Fiz-me tudo para todos, para, por todos os meios, chegar a salvar alguns. (1Co 9:22).
Quem ganha almas sábio é, portanto ganhar almas exige estratégias diferenciadas para cada situação especifica, conforme nos diz o texto áureo.
Não se preocupe, se você estiver na direção do Espírito Santo, o mesmo te dará a melhor forma e estratégia para evangelizar a pessoa almejada.
O fruto do justo é árvore de vida, e o que ganha almas é sábio.(Pv 11:30).  

VERDADE PRÁTICA.
É inestimável o valor de uma alma para Deus. Por isso, devemos mover todos os nossos recursos e empregar todas as nossas forças para conduzi-las à salvação.
Sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver que por tradição recebestes dos vossos pais, Mas com o precioso sangue de Cristo, como de um cordeiro imaculado e incontaminado, (1 Pe 1:18,19)

1. A COMUNICAÇÃO DO EVANGELHO
A Bíblia nos diz: “Quão formosos os pés dos que anunciam coisas boas!” (Rm 10.15b). A Palavra de Deus é poderosa e jamais volta vazia. Devemos saber manejá-la bem. Para isso, precisamos conhecer a Cristo, a nós mesmos e o que vamos anunciar.
Comunicar o evangelho é uma tarefa da Igreja, anjos não são pregadores do evangelho, e nunca desejaram esta missão. Existe alguns que  interpretam o texto abaixo equivocadamente:
Aos quais foi revelado que, não para si mesmos, mas para nós, eles ministravam estas coisas que agora vos foram anunciadas por aqueles que, pelo Espírito Santo enviado do céu, vos pregaram o evangelho; para as quais coisas os anjos desejam bem atentar.  
Os anjos na verdade desejam estar atentos aos mistérios da salvação anunciados pela pregação do evangelho e o seu cumprimento com o passar dos tempos. Note em sua bíblia que o texto e o contexto não afirmam que os anjos desejam comunicar ou pregar o evangelho como muitos dizem...

1.1. Anunciando o Evangelho de Cristo  
A comunicação do evangelho pode parecer simples, mas não é (1Co 1.17). Qualquer pessoa que deseje evangelizar precisa entender que as atitudes falam mais do que qualquer palavra.
Bruno Skolimowsky, que muito se esforçou pela evangelização de nossa pátria, compôs um hino que, lindamente, sintetiza o testemunho do salvo: “O povo de Deus, aqui na terra, tem um sinal/ Povo que vive em santa guerra contra o mal”. (Harpa Cristã, 455) Que sinal é este?
Definição. Testemunho cristão é a postura bíblica e verdadeiramente ética que exercemos no cotidiano, numa demonstração clara e inequívoca de que, realmente, somos discípulos de Cristo (Mt 5.20). (Lições CPAD Jovens e Adultos 2008 » 2º Trim.)
Pregar em um local onde somos conhecidos consiste em falar aquilo que praticamos, caso contrario nossas pregações serão rejeitadas pela igreja e até mesmo pelo pecador.
Para algumas pessoas, a comunicação é uma simples transmissão de informação, uma espécie de transferência de símbolos. No entanto, sabemos que pode existir comunicação até através do silêncio, porque nossas atitudes revelam quem somos na realidade (1Pe 3.1).

1.2. A conexão entre mensagem e mensageiro  
Jesus Cristo nos comparou ao sal. Ele não disse que temos sal, disse que somos sal (Mt 5.13). O sal em si mesmo não é alimento, ele não é a parte principal de uma refeição, no entanto, todos percebem a sua presença. Se a nossa vida for semelhante à de Cristo, nossa presença fará os outros perceberem que Cristo está em nós. Nossa presença pode ser uma mensagem mais importante do que tudo o que dissermos.
Asseverou o teólogo Agostinho: “Aquilo porque vivo, comunico”. O que estamos comunicando com a nossa vida? Pode o mundo ver Cristo em nós? 

1.3. Entender para comunicar  
Professor neste tópico é importante destacar que o conhecimento sem a graça de Deus não produzirá mudança na vida do pecador. Existe muitas técnicas de convencimento utilizada normalmente por algumas seitas,mas o evangelho não convence mas converte o pecador,isto acontece pela palavra pregada e pela ação indispensável do Espírito Santo.
“Antes crescei na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo”. (2Pe 3.18)
Afinal, como iremos comunicar a salvação, se nem ao menos a conhecemos? Três coisas revelam o vigor da Igreja Primitiva: o ensino e a experiência ao lado de Jesus, e o poder do Espírito Santo (Lc 24.49; At 1.8).
O que significa ser uma testemunha? Uma pessoa que não tem por hábito ler, que ora esporadicamente, e que tem pouquíssima experiência no campo espiritual, pode estar em sérios apuros ao tentar falar de Cristo: “Porque hás de ser sua testemunha para com todos os homens do que tens visto e ouvido” (At22.15). Jesus não enviou Seus discípulos para contar histórias. Ele mandou que eles testemunhassem acerca do que viram e ouviram.

2. A MENSAGEM E O MENSAGEIRO
A Bíblia nos adverte a não conformar com uma vida espiritual medíocre (2Pe 1.8-11). A meta e que todos alcancem a maturidade e se permitam moldar a estatura de Cristo Ef 4.13). Por isso, devemos tomar consciência de quanto nos falta para que vejam Cristo em nós.

2.1. O mensageiro deve ser exemplo  
Os discípulos foram chamados cristãos porque se pareciam com Jesus e certamente praticavam o que haviam aprendido com Jesus.
Sucedeu que todo um ano se reuniram naquela igreja, e ensinaram muita gente; e em Antioquia foram os discípulos, pela primeira vez, chamados cristãos.(At 11.26)
O cristão não deve procurar ser completo em Jesus Cristo somente para seu benefício pessoal. A Palavra de Deus enfatiza repetidamente a necessidade de nos tornarmos um modelo para os outros. Os cristãos têm a Jesus Cristo como um arquétipo. Devemos servir como modelo para outros.
Tem cuidado de ti mesmo e da doutrina. Persevera nestas coisas; porque, fazendo isto, te salvarás, tanto a ti mesmo como aos que te ouvem.(1Tm4.16)

2.2. O mensageiro deve amadurecer espiritualmente 
Tendo por certo isto mesmo, que aquele que em vós começou a boa obra a aperfeiçoará até ao dia de Jesus Cristo;(Fil 1:6)
Note neste versículo mencionado que a maturidade acontece a cada dia até a vinda de Jesus ou até o dia que passarmos para o Senhor, todavia o tempo necessário para se alcançar a maturidade é relativo. A igreja de Corinto foi advertida por Paulo porque tinham idade para serem adultos(espiritualmente)mas eram crianças:
E eu, irmãos, não vos pude falar como a espirituais, mas como a carnais, como a meninos em Cristo.Com leite vos criei, e não com carne, porque ainda não podíeis, nem tampouco ainda agora podeis,(1 Co 3:1,2)
Os evangelhos sinóticos apresentam como os discípulos evoluíram até a chegarem a refletir Cristo para as nações. Inicialmente, Jesus fez um convite (Lc 9.23). Depois, Ele deu elementos para análises e reflexões, como: milagres, para edificar a fé, e verdades acerca da vida. Quando já estavam aptos e maduros para decisões, lhes perguntou: “Quem sou eu?”. Após a confissão de Pedro (Mt 16.13, 16), Jesus lhes fala pela primeira vez acerca da cruz. Era não somente necessário descobri-lo como Mestre, Senhor e Messias. Eles deveriam aceitá-lo também como Salvador. Por fim, Jesus leva-os ao monte e lhes explica que terão que negar-se a si mesmos. Ou seja, serem dependentes do Mestre em tudo.

2.3. A grandeza da revelação divina 
Nos quais o deus deste século cegou os entendimentos dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, que é a imagem de Deus.(2 Co 4.4).
È muito importante ensinar nesta oportunidade que a igreja deve estar em oração quando a mensagem da salvação está sendo pregada, resgatar uma alma consiste em travar uma guerra espiritual inenarrável.

A evangelização deve partir do pressuposto básico de que o pior dos homens pode ser restaurado e transformado por Deus. A Bíblia nos diz que todos os seres humanos foram destituídos da glória de Deus e, por isso, precisam da salvação (Rm 3.23). A salvação em Cristo Jesus devemos anunciar essa mesma verdade aos que estão ainda na escuridão do pecado (2Co 4.5-6).

3. A MENSAGEM DA SALVAÇÃO
O pecado trouxe sérios problemas à humanidade. O profeta Isaías descreve assim a condição do Homem sem Deus: “Mas as vossas iniquidades fazem divisão entre vós e o vosso Deus; e os vossos pecados encobrem o seu rosto de vós, para que vos não ouça” (Is 59.2).

3.1. O vazio da alma humana 
O vazio humano. Billy Graham visitava, certa vez, uma universidade norte-americana, quando perguntou ao reitor: "Qual o maior problema que o senhor enfrenta com os seus alunos". O educador respondeu-lhe: "Vazio. Há um vazio muito grande de Deus em seus corações". Como preencher este vazio?
Buscando preencher o vazio de sua alma, vagueia o homem pelo álcool, transita pelas drogas e erra pelos devaneios da carne. Depois de toda essa busca, conclui: "Não tenho neles prazer" (Ec 12.1 - ARA). Mas o que aceita a Cristo, experimenta uma vida abundante e inefável (Jo 4.14). (Lições CPAD Jovens e Adultos 2008 » 2º Trim.)
Jesus é o único que pode libertar o homem do pecado. Ele é o autor e consumador da nossa fé (2Co 4.4; Cl 1.15-19; Ef 4.13-!4; Hb 12.1-2). Sem Jesus Cristo, o homem jamais encontrará plena liberdade e paz: “Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei...” (Ap 3.20). A morte de Jesus Cristo na cruz nos oferece a salvação, por meio da qual deixamos de ser homens distanciados de Deus por causa do pecado para nos tornarmos filhos (Jo 1.12) mediante a fé (Ef 2.8-9).

3.2. O plano de Deus para a salvação do homem  
Uma vez que iremos testemunhar para as pessoas acerca da salvação, é de suma importância que conheçamos bem o caminho que estaremos anunciando, para que possamos ser claros à alma sedenta que nos ouve. Por mais que a pessoa seja pecadora, nossa missão não é julgá-la, mas, sim, fazê-la compreender que Cristo morreu por nossos pecados (Rm 5.8; 1Co 15.3). É importante estarmos atentos para que o assunto principal não seja deixado de lado, principalmente quanto ao evangelismo pessoal. É comum a pessoa que está sendo evangelizada tentar aproveitar o tempo para apresentar dúvidas e curiosidades que nada contribuirão para que o plano divino de salvação seja conhecido.
O testemunho pessoal acerca da obra que Deus realizou na vida de alguém, não deve substituir a mensagem do evangelho.
E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura.
Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado.
(Mc 16:15,16)

3.3. Jesus, o tema central 
Diante de tantas críticas e acusações recebidas, o apóstolo Paulo apresenta em 2 Coríntios, capítulo 4, como ele conduz e proclama o Evangelho: “pregamos...a Cristo Jesus, o Senhor...” (2Co 4.5). Em Samaria, Felipe “lhes pregava a Cristo” (At 8.5). Ao eunuco, no caminho para Gaza, Felipe, começando no texto que o mordomo-mor de Candace estava lendo, “lhe anunciou a Jesus” (At 8.35). O Evangelho que devemos anunciar hoje é o mesmo que Paulo anunciava: “Cristo morreu por nossos pecados...foi sepultado, e que ressuscitou ao terceiro dia” (1Co 15.1-4).
Uma jovem nova convertida indagou o pastor, porque ele não falava sobre o sacrifício de Jesus para salvar o pecador, para sua surpresa o pastor lhe respondeu: “não é isso que o povo quer ouvir”. A jovem sabiamente procurou uma igreja onde as pregações tem como prioridade Jesus e o seu sacrifício para salvar o pecador.Infelizmente está história é real,e mais,até mesmo nos cultos de santa ceia alguns obreiros de forma irresponsável utilizam o tempo da mensagem apropriada para fazer balanço financeiro,priorizar ofertas especiais,resolver assuntos administrativos e outros...
Que Deus nos guarde e tenha misericórdia de nós, para não ser mais um a cometer tais erros.

CONCLUSÃO
A vontade de Deus é transformar o ser humano e nós estamos aqui para anunciar essa verdade a todos aqueles que ainda não a conhecem (Jo 8.32; At 4.12). Por isso, nos esforcemos para testemunhar de Cristo, porque a seara é realmente muito grande, mas ainda são poucos os ceifeiros (Mt 9.37).

Bibliografia
Biblia de estudo pentecostal, Almeida revista e corrigida, Rio de Janeiro, CPAD
Revista EBD Betel Dominical Professor - 3 trimestre 2017, ano 27, número 104 - Editora Betel
PAE - Plano de Aula Expositiva - Auxílio EBD - http://editorabetel.com.br/auxilio/beteldominical/



1. O que o cristão deve saber manejar bem?
R: A Palavra de Deus (2Tm 2.15).

2. O que a Bíblia nos adverte?
R: A não se conformar com uma vida espiritual medíocre (Rm 12.1-2).

3. Como o homem tenta encontrar a Deus?
R: Por meio das obras, religiosidade ou suas próprias invenções (Ec 7.29).

4. Qual o Evangelho que Paulo anunciava?
R: “Cristo morreu por nossos pecados...foi sepultado, e que ressuscitou ao terceiro dia” (1Co 15.1-4).

5. Por que devemos nos esforçar para testemunhar de Cristo?
R: Porque a seara é realmente muito grande, mas ainda são poucos os ceifeiros (Mt 9.37).

                                AGORA VAMOS AOS VÍDEOS SOBRE ESTA LIÇÂO.  TENHA BOM ESTUDO !                                  
Antes de Assistir os vídeos, se a radio do site estiver tocando, suba a página até a radio e 
toque no vídeo da musica que estiver tocando para interromper o som.
                  

                 
                
                   Esta semana não tivemos o Vídeo de Bangu
                   Segue o Vídeo do Presb. Ademar da Silva Santos
                   
         
                                                                                                                                                                              
[     


Análise do Versículo - Subtópico 1.1
"Porque Cristo enviou-me não para batizar, mas para evangelizar; não em sabedoria de palavras, para que a cruz de Cristo se não faça vã". (1 Coríntios 1:17)


"Porque Cristo enviou-me não para batizar, mas para evangelizar"
Quando Paulo disse que Cristo não o enviou para batizar, não estava minimizando a importância do batismo. O batismo foi ordenado pelo próprio Jesus (Mt 28:19) e praticado pela igreja primitiva (At 2:41).
Paulo estava enfatizando que ninguém deve fazer tudo. O dom de Paulo era pregar, e isso era o que ele fazia. O ministério cristão deve ser um esforço de equipe; nenhum pregador ou professor é uma ligação completa entre Deus e o povo, e ninguém consegue fazer tudo o que os apóstolos faziam. Devemos nos contentar em trabalhar com os dons que Deus nos deu, e executar seu plano com sinceridade.

"...não em sabedoria de palavras"
Alguns oradores usam palavras impressionantes, mas são fracos em conteúdo. Paulo enfatizou o conteúdo genuíno e a ajuda prática para seus ouvintes. Ele queria que eles ficassem impressionados com sua mensagem, e não apenas com seu estilo (veja 1Co 2:1-5). Você não precisa ser um grande orador, com grande vocabulário, para transmitir eficazmente as boas-novas. O poder persuasivo está na história, não no contador da história. Paulo não era contrário àqueles que preparam, cuidadosamente, o que dizem (veja 1Co 2:6); mas o apóstolo era contrário àqueles que tentam impressionar os outros, com seu conhecimento ou com sua oratória.

(Fonte: Bíblia de Estudo Cronológica Aplicação Pessoal - 1 Edição - 2015 - CPAD)


Estimado professor, quer reforçar suas lições sobre o tema deste trimestre proposto pela Editora Betel ? Então não deixe de acessar todo o conteúdo desta temática no link abaixo e tenha uma riqueza de conteúdo com alguns cliques. 






Outra Revista muito boa sobre o tema foi publicada pela CPAD em 2007 - "A Igreja e a sua Missão", comentada pelo Pr. Elienai Cabral (Um luxo de Revista que a mantenho guardada na forma impressa no meu baú trancado a sete chaves).












                                                         MUSICA ESCOLHIDA DESTA SEMANA                                                               
Antes de Assistir os vídeos, se a radio do site estiver tocando, suba a página até a radio e 
toque no vídeo da musica que estiver tocando para interromper o som.

  Vou Testemunhar  
Duração: 3:00 minutos - Sonete  

                                                                                                                                                                              

Nenhum comentário:

Postar um comentário