domingo, 18 de junho de 2017

Lição 13 - Deus estabelecerá governo justo e eterno

Aula presencial dia 25 de Junho de 2017

Estimados professores,   acredito que já tenha percebido que nosso slide semanal traz uma abordagem completa de todos os pontos abordados na lição. É um resumo da lição fazendo uso de uma metodologia moderna de ensino,  tornando-o mais eficiente e efetivo. Aplica-se a todo o conteúdo da lição, ilustrações com figuras relacionadas com cada tópico a ser ensinado.  Faça bom uso !  Divulgue e Compartilhe.


1 - Conhecer as similaridades entre Jesus e Jeremias;
2 - Identificar as promessas de restauração e renovação;
3 - Analisar os aspectos do novo concerto.

 Texto Áureo
“Porque assim diz o Senhor: Nunca faltará a Davi varão
que se assente sobre o trono da casa de Israel.” (Jeremias 33:17)

Verdade Aplicada
Sempre há esperança para aqueles que
confiam e se submetem ao Senhor.
  
Motivo de Oração
Ore para que a Igreja influencie as pessoas
ao seu redor de forma positiva. 

Hinos sugeridos.
Antes de Assistir os vídeos, se a radio do site estiver tocando, suba a página até a radio e 
toque no vídeo da musica que estiver tocando para interromper o som.

291 - A mensagem da Cruz

465 - Ele sofreu por mim

472 - Em meu lugar




 Jeremias 23:5-8 
5 - Eis que vêm dias, diz o Senhor, em que levantarei a Davi um Renovo justo; e, sendo rei, reinará, e prosperará, e praticará o juízo e a justiça na terra.
6 - Nos seus dias, Judá será salvo, e Israel habitará seguro; e este será o seu nome, com que o nomearão: O Senhor, Justiça Nossa.
7 - Portanto, eis que vêm dias, diz o Senhor, em que nunca mais dirão: Vive o Senhor, que fez subir os filhos de Israel da terra do Egito;
8 - Mas: Vive o Senhor, que fez subir e que trouxe a geração da casa de Israel da terra do Norte e de todas as terras para onde os tinha arrojado; e habitarão na sua terra.

Segunda-Feira –  Jeremias 23:1 
23 : 1 Ai dos pastores que destroem e dispersam as ovelhas do meu pasto, diz o Senhor.

Terça-Feira –  Jeremias 23:2 
23 : 2 Portanto assim diz o Senhor, o Deus de Israel, acerca dos pastores que apascentam o meu povo: Visto que dispersastes as minhas ovelhas, e as afugentastes, e não cuidastes delas, trarei sobre vós a maldade das vossas ações, diz o Senhor.

Quarta-Feira –  Jeremias 23:3 
23 : 3 Eu mesmo recolherei o resto das minhas ovelhas, de todas as terras para onde eu as tiver afugentado, e as farei voltar aos seus apriscos, onde frutificarão e se multiplicarão.

Quinta-Feira –  Jeremias 23:4 
23 : 4 Levantarei sobre elas pastores que as apascentem, e nunca mais temerão, nem se assombrarão, nem uma delas faltará, diz o Senhor.
  
Sexta-Feira –  Jeremias 31:31 
31 : 31 Vêm dias, diz o Senhor, em que farei uma aliança nova com a casa de Israel e com a casa de Judá.

Sábado –   Mateus 26:28 
26 : 28 Isto é o meu sangue, o sangue da nova aliança, que é derramado por muitos, para remissão de pecados.


IMPORTANTE
Apresento neste BLOG o Esboço da Lição e os comentários como 
professor de EBD em cima do PAE - PLANO DE AULA EXPOSITIVA 
NÃO APRESENTO O CONTEÚDO COMPLETO DIGITALIZADO DAS REVISTAS
TENHA SUA REVISTA EM MÃOS E FAÇA UM BOM ESTUDO !




ESBOÇO DA LIÇÃO
Introdução
1. As similaridades entre Jeremias e Jesus
2. O prenúncio do Messias
3. A promessa de um novo concerto
Conclusão
Clique aqui para Visualizar o PAE (Plano de Aula Expositiva) da Editora Betel



                   


INTRODUÇÃO
Nesta última lição do trimestre, vamos refletir que, mesmo em momentos de aparente caos e descontrole, o Senhor Deus tem uma mensagem de esperança para o Seu povo.
Embora conhecemos Jeremias como profeta das lagrimas o seu livro nos descreve que suas profecias despertavam esperança por dias melhores.
 Eis que vêm dias, diz o Senhor, em que levantarei a Davi um Renovo justo; e, sendo rei, reinará e agirá sabiamente, e praticará o juízo e a justiça na Terra.(Jr23.5).

TEXTO ÁUREO.
Porque assim diz Senhor: Nunca faltará a Davi varão que se assente sobre o trono da casa de Israel. (Jr 33:17).

VERDADE PRÁTICA.
Sempre há esperança para aqueles que confiam e se submetem ao Senhor.
Definição. A palavra esperança significa, entre outras coisas, a expectativa de se auferir algum bem ou benefício futuro. No âmbito das Sagradas Escrituras, é a certeza do cumprimento das promessas que nos foram feitas por Deus (2 Co 1.20). (Lições CPAD Jovens e Adultos 2010 » 2º Trim.)
Porque todas quantas promessas há de Deus, são nele sim, e por ele o Amém, para glória de Deus por nós.(2Co 1.20)
Bom é ter esperança, e aguardar em silêncio a salvação do Senhor.(Lm3.26).

1. AS SIMILARIDADES ENTRE JEREMIAS E JESUS
As similaridades entre o profeta Jeremias e Jesus Cristo são muitas. A mensagem profética de Jeremias diz respeito a um "novo concerto com o Senhor" (Jr 31:31). Por conseguinte, no Novo Testamento, esse novo concerto foi estabelecido com a morte e ressurreição de Jesus (Lc 22:20). O Messias estabeleceu a nova aliança (Jr 31:31; Mt 26:28).
As profecias de Jeremias se harmonizam com os respectivos cumprimentos: Profetizado: Eis que dias vêm, diz o Senhor, em que farei uma aliança nova com a casa de Israel e com a casa de Judá. (Jr 31.31).
Cumprimento:Da mesma forma, depois da ceia, tomou o cálice, dizendo: "Este cálice é a nova aliança no meu sangue, derramado em favor de vocês.(Lc 22.20).

1.1. Suas missões eram de alcances mundiais  
Jeremias profetizou para Judá, mas também para as nações,quando foi chamado por Deus ficou bem claro que ele seria profeta das naçõesAntes que te formasse no ventre te conheci, e antes que saísses da madre, te santifiquei; às nações te dei por profeta. .(Jr 1.5)
A missão de Jesus também abrangia não somente Israel, mas a humanidade:
Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. (Jo3.16)

1.2. Outras semelhanças entre Jeremias e Jesus  
Havendo Deus, antigamente, falado, muitas vezes e de muitas maneiras, aos pais, pelos profetas, a nós falou-nos, nestes últimos dias, pelo Filho,(Hb 1.1)
Professor dentre as semelhanças entre Jesus e Jeremias a revista menciona que ambos eram solteiros, conforme nos mostra à bíblia. Aproveite para explicar aos alunos algumas heresias proferidas sobre este assunto.
Uma das heresias modernas acerca de Jesus é a que diz que o Senhor se casou com Maria Madalena e teve filhos com ela. Essa ideia está baseada na descoberta de um papiro de origem copta do século IV d.C, que traz a informação de um suposto casamento entre Jesus e uma mulher, Maria Madalena.
A Bíblia não diz que Jesus se casou e teve filhos. Se analisarmos os evangelhos, veremos que Ele teve uma vida itinerante por causa do seu ministério. Ele defendeu o casamento e condenou o divórcio, mas nenhum registro foi feito de um suposto casamento do Senhor. Seus discípulos não registram tal fato, e os pais da igreja também não falam desse assunto. Mesmo os críticos do Cristianismo consideram errado acreditar nessa idéia por estar baseada em um fragmento que nem sequer foi identificado ou considerado digno de crédito. (Lições CPAD Jovens e Adultos 2015 » 1º Trim.)

1.3. Jesus, o Verbo de Deus 
Neste tópico destacaremos a rejeição de Jesus  em comparação com a rejeição de Jeremias
Veio para o que era seu, e os seus não o receberam.(Jo1.11)
Semelhante a Jeremias, Jesus também não foi bem aceito por Seu povo. Mesmo sendo Ele o “Verbo... e o Verbo era Deus” (Jo 1.1). A própria Palavra de Deus personificada, a perfeita revelação de Deus.
O Verbo Divino. O termo “Verbo”, aplicado a Jesus, procede do original Logos e, apesar de seu amplo significado secular, “palavra”, “razão”, ou “pensamento”, é usado no versículo 1 com o sentido de “Verbo ou Palavra divina”. O mesmo vocábulo aparece em 1 Jo 1.1 descrevendo o “Verbo da vida”, e no capítulo 5 versículo 7 da mesma epístola, apenas como “Palavra”.
Professor aproveite esta oportunidade para enfatizar que todos que se são chamados para pregar o evangelho também sofrerão algum tipo de rejeição, e fomos instruídos por Jesus sobre este assunto:
E, se ninguém vos receber, nem ouvir as vossas palavras, saindo daquela casa ou daquela cidade, sacudi o pó dos vossos pés.(Mt10.14)

2. O PRENÚNCIO DO MESSIAS
Jeremias profetizou sobre a vinda de um líder, o Messias (Jr 23:5-6). O profeta o apresenta como um ramo da casa de Davi, o Rei que iria reinar com autoridade e justiça.

2.1. Cristo, o Renovo Justo  
No início do capítulo 23 do livro de Jeremias, Deus fala sobre “os pastores que apascentam o meu povo” (Jr 23.2), que agiram com maldade e não cuidaram, como deviam, do rebanho do Senhor (o povo de Israel). Porém, a história do povo de Deus não terminará em destruição e dispersão, pois “...Vêm dias, diz o Senhor, em que levantarei a Davi um Renovo justo” (Jr 23.5). Virá um Pastor, Jesus Cristo (Jo 10), que agregará as ovelhas, fazendo-as voltar ao aprisco, e “frutificarão e se multiplicarão” e, assim, “haverá um rebanho e um pastor” (Jr 23.3; Jo 10.16).
Eu sou o bom Pastor; o bom Pastor dá a sua vida pelas ovelhas.(Jo10.11)

2.2. Cristo, nossa esperança 
Nos dias do exílio de Judá, Jesus era a esperança profetizada, nos dias atuais Jesus é a única esperança para esta geração:
Em Cristo está a esperança para esta geração. A presente geração está presa ao relativismo, ao materialismo e às doenças emocionais, espirituais e morais. A crise é tão profunda que as pessoas desconfiam das instituições e das autoridades públicas, privadas e religiosas. Tateiam de um lado a outro à procura de um porto ou de águas tranqüilas para aportar, mas encontram apenas o individualismo, a ganância, a violência, o descaso e a opressão. Em quem confiar? Em que porto deve o homem ancorar suas esperanças? Na filosofia? Quantas existem e mesmo assim não se sabe em qual delas acreditar. No desenvolvimento tecnológico? Nos homens? Estes há muito perderam os rumos da ética, misericórdia, bondade e respeito pelo outro. Na ciência? Parece que ela serve mais aos propósitos das grandes corporações que ao interesse dos indivíduos. No misticismo religioso? Este se tornou irracional, incapaz de sustentar o juízo e a fé nos pêndulos de suas doutrinas. A constatação simples e incontestável é que: O homem sem Deus vive sem esperança ou em esperança vã (Jó 8.13; 11.20; 27.8; Ef 2.12; 1 Ts 4.13). A única esperança para esta geração está na Pessoa bendita de nosso Senhor Jesus Cristo, Deus único e Salvador, Todo-Poderoso (1 Tm 1.1). Ele é o “Deus de esperança” que nos enche “de todo gozo e paz em crença, para que abundeis em esperança pela virtude do Espírito Santo” (Rm 15.13; 2 Ts 2.16). O evangelho que pregamos é a anunciação da esperança, em Cristo, para uma geração em desespero (Cl 1.5,23, 27).(Lições CPAD Jovens e Adultos 2008 » 3º Trim.)
Paulo, apóstolo de Cristo Jesus, segundo o mandado de Deus, nosso Salvador, e de Cristo Jesus, esperança nossa (1Tm 1:1).

2.3. Cristo, a certeza da restauração 
Professor neste tópico seria importante deixar bem claro para o aluno que o projeto de restauração incluía Israel e também outras nações.
para a dispensação da plenitude dos tempos, de fazer convergir em Cristo todas as coisas, tanto as que estão nos céus como as que estão na terra,(Ef 1.10)
Promessas de restauração. Para alguns eruditos, essa seção representa a derrota dos inimigos e a restauração de Israel. Outros veem aqui uma profecia a longo prazo, dita pelo profeta descrevendo o Messias e o futuro Reino de Deus, onde os seus filhos de todas as tribos e nações serão recolhidas por Ele e todos se beneficiarão com o Reino. Deus prometeu a Abraão que por meio de sua linhagem, todos os povos da terra seriam abençoados (Gn 12.3). No entanto, o ensino dispensacionalista de que Israel tem um lugar especial no projeto de Deus, por causa das promessas divinas feitas a Abraão, não exclui os gentios de também terem um lugar especial; o profeta prevê a conversão dos gentios. Aquele será um período de restauração, sendo o Messias a bandeira em torno da qual todas as nações se ajuntarão e a Igreja será chamada de todos os lugares da Terra para adentrar ao seu Reino. Seu governo será absolutamente universal e Deus se tornará tudo para todos, Cristo será glorificado e todas as coisas estarão incluídas no seu poder restaurador (1Co 15.28; Ef 1.10). (Lições CPAD Jovens e Adultos 2016 » 3ºtrim..)

3. A PROMESSA DE UM NOVO CONCERTO
A Lei e os sacrifícios efetuados no antigo concerto expunham a decadente condição espiritual do ser humano diante de Deus, indicando a total dependência do homem da graça e misericórdia do Senhor. O novo concerto é a providência divina para restaurar a comunhão do ser humano com Deus, por intermédio de Jesus Cristo.

3.1. Um concerto superior 
Jeremias profetizou este concerto superior:
 Mas este é o pacto que farei com a casa de Israel depois daqueles dias, diz o Senhor: Porei a minha lei no seu interior, e a escreverei no seu coração; e eu serei o seu Deus e eles serão o meu povo.(Jr 31.33)
O escritor do livro de Hebreus menciona este pacto:
Este é o pacto que farei com eles depois daqueles dias, diz o Senhor: Porei as minhas leis em seus corações, e as escreverei em seu entendimento; acrescenta:
E não me lembrarei mais de seus pecados e de suas iniqüidades.
Ora, onde há remissão destes, não há mais oferta pelo pecado.
(Hb10:16-18)

3.2. O novo concerto e a interioridade 
O profeta Jeremias denunciou que o povo de Israel entrava pelas portas do templo para adorar ao Senhor, orava, ouvia a leitura da Lei, observava dias, festas e cerimônias, contudo, não havia mudança no comportamento diário, pois a nação continuava no adultério, furto, sincretismo religioso e cometendo abominação (Jr 7), ou seja, o povo se limitava a demonstrações exteriores! Porém, no novo concerto, a demonstração de fidelidade a Deus começará no interior, no coração (Jr 31.33).
Jesus em um encontro com um dos príncipes dos judeus explicou sobre esta mudança interior,necessária e indispensável aos que almejam o reino de Deus:
Respondeu-lhe Jesus: Em verdade, em verdade te digo que se alguém não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus.(Jo3.3)


3.3. O novo concerto e o mistério de Deus 
Quando Jesus disse no calvário “está consumado”, ele declarou que a obra redentora, restauradora, o novo concerto agora era uma realidade. As profecias de Jeremias,Ezequiel,Isaias e outros profetas se cumpriam naquele momento.Glórias a Jesus que é digno de toda honra ,de todo louvor,nós te amamos Jesus...
Tanto judeus como gentios, em Jesus Cristo, são um novo homem (Ef 2.15). Antes, sem Cristo, os gentios estavam distantes (Ef 2.13), mas, agora, por estarem em Cristo, se aproximaram.
Mas agora, em Cristo Jesus, vós, que antes estáveis longe, já pelo sangue de Cristo chegastes perto.
Porque ele é a nossa paz, o qual de ambos os povos fez um; e, derrubando a parede de separação que estava no meio, na sua carne desfez a inimizade,
isto é, a lei dos mandamentos contidos em ordenanças, para criar, em si mesmo, dos dois um novo homem, assim fazendo a paz,(Ef 2:13-15)

CONCLUSÃO
Devemos fazer um exame introspectivo à luz da Palavra de Deus, a fim de avaliar a nossa vida, se estamos realizando um bom trabalho no cumprimento de nossa missão, se estamos sendo conduzidos pela verdadeira adoração em uma comunhão intensa com Deus e com  os nossos irmãos.

Bibliografia
Biblia de estudo pentecostal, Almeida revista e corrigida, Rio de Janeiro, CPAD
Revista EBD Betel Dominical Professor - 2 trimestre 2017, ano 27, número 103 - Editora Betel
PAE - Plano de Aula Expositiva - Auxílio EBD - http://editorabetel.com.br/auxilio/beteldominical/



1. Quem estabeleceu a nova aliança?
R:  O Messias (Jr 31:31; Mt 26:28)

2. Qual era o alcance da missão de Jeremias?
R: Mundial (Jr 1:5)

3. Como Jeremias era conhecido?
R: Como "o profeta das lágrimas" (Lm 1:12-13)

4. Quem é o Renovo Justo?
R: Setenta anos (Jr 29:10).

5. Quando Deus castiga o Seu povo, qual é o Seu objetivo?
R: Restaurar (Jr 31:17-18; Hb 12:5-11).

                                    AGORA VAMOS AOS VÍDEOS SOBRE ESTA LIÇÂO.  TENHA BOM ESTUDO !                                  
Antes de Assistir os vídeos, se a radio do site estiver tocando, suba a página até a radio e 
toque no vídeo da musica que estiver tocando para interromper o som.
                  

                   


         
                                                                                                                                                                                        
[     

  Jesus declara ser o Messias  
Duração: 3:00 minutos

                                                          MUSICA ESCOLHIDA DESTA SEMANA                                                               
Antes de Assistir os vídeos, se a radio do site estiver tocando, suba a página até a radio e 
toque no vídeo da musica que estiver tocando para interromper o som.

  O MESSIAS  
Duração: 5:00 minutos - Ana Paula Moura  

                                                                                                                                                                                      

Nenhum comentário:

Postar um comentário