segunda-feira, 5 de junho de 2017

Lição 11 - A soberba precede a ruína

Aula presencial dia 11 de Junho de 2017

Estimados professores,   acredito que já tenha percebido que nosso slide semanal traz uma abordagem completa de todos os pontos abordados na lição. É um resumo da lição fazendo uso de uma metodologia moderna de ensino,  tornando-o mais eficiente e efetivo. Aplica-se a todo o conteúdo da lição, ilustrações com figuras relacionadas com cada tópico a ser ensinado.  Faça bom uso !  Divulgue e Compartilhe.


1 - Conhecer a origem do orgulho e os seus malefícios;
2 - Identificar o mal que há na idolatria;
3 - Analisar quão grande é o amor de Deus para com todos que se achegarem a Ele.

 Texto Áureo
“Elevou-se o teu coração por causa da tua formosura, 
corrompeste a tua sabedoria por causa do teu resplendor; 
por terra te lancei, diante dos reis te pus,
para que olhem para ti.” (Ezequiel 28:17)

Verdade Aplicada
O orgulho é como erva daninha, que persiste em se desenvolver
num jardim. por mais bem cultivado que seja.
  
Motivo de Oração
Agradeça a Deus pelas orações respondidas e pela
oportunidade de pregar a Sua palavra pelo país.

Hinos sugeridos.
Antes de Assistir os vídeos, se a radio do site estiver tocando, suba a página até a radio e 
toque no vídeo da musica que estiver tocando para interromper o som.

25 - Jesus tu és bom

124 - Adoração

244 - Tempo de Segar




 Jeremias 48:7,26,29,30 
7 - Porque, por causa da tua confiança nas tuas obras e nos teus tesouros, também tu serás tomada; e Quemós sairá para o cativeiro, os seus sacerdotes e os seus príncipes juntamente.
26 - Embriagai-o, porque contra o Senhor se engrandeceu; e Moabe se revolverá no seu vômito, e será ele também um objeto de escárnio.
29 - Ouvimos falar da soberba de Moabe, que é soberbíssimo, da sua arrogância, e do seu orgulho, e da sua altivez, e da altura do seu coração.
30 - Eu conheço, diz o Senhor, a sua indignação, mas isso nada é; as sua mentiras nada farão.

Segunda-Feira –  Jeremias 48:4 
48 : 4 Moabe será destruída; os seus filhinhos clamarão.

Terça-Feira –  Jeremias 48:16 
48 : 16 Está prestes a vir a perdição de Moabe; apressa-se o seu mal.

Quarta-Feira –  Jeremias 48:20 
48 : 20 Moabe está envergonhado, pois foi quebrantado. Uivai e gritai! Anunciai em Arnom que Moabe está destruído.

Quinta-Feira –  Jeremias 48:31 
48 : 31 Por isso gemerei por Moabe, por Moabe eu grito, pelos homens de Quir-Heres lamento.
  
Sexta-Feira –  Jeremias 48:42 
48 : 42 Moabe será destruído, para que não seja povo porque se engrandeceu contra o Senhor.

Sábado –   Jeremias 48:47 
48 : 47 Contudo restaurarei a sorte de Moabe nos últimos dias, dia o Senhor. Aqui termina o juízo de Moabe.


IMPORTANTE
Apresento neste BLOG o Esboço da Lição e os comentários como 
professor de EBD em cima do PAE - PLANO DE AULA EXPOSITIVA 
da Revista Betel Dominical (Adultos) disponibilizado para utilização
no site: http://editorabetel.com.br/auxilio/beteldominical/
NÃO APRESENTO O CONTEÚDO COMPLETO DIGITALIZADO DAS REVISTAS
TENHA SUA REVISTA EM MÃOS E FAÇA UM BOM ESTUDO !

ESBOÇO DA LIÇÃO
Introdução
1. A origem e pecados dos moabitas
2. Deus não tolera o orgulho
3. Uma moabita na genealogia de Jesus
Conclusão
Clique aqui para Visualizar o PAE (Plano de Aula Expositiva) da Editora Betel



                   


INTRODUÇÃO
Não necessitamos ter orgulho de nós mesmos. O que falamos a respeito de nós mesmos não denota nada no trabalho do Senhor. É o que Deus diz sobre nós que faz toda a diferença (2Co 10:13).
Estudar sobre a soberba e suas conseqüências é muito importante, quando falamos deste assunto nos lembramos da origem da soberba (o diabo),pois foi o primeiro que aderiu a esta prática. Hoje, muitos tem se ensoberbecido e até mesmo se tornado idolatras, como foi o caso dos moabitas que estudaremos nesta lição.

TEXTO ÁUREO.
Elevou-se o teu coração por causa da tua formosura, corrompeste a tua sabedoria por causa do teu resplendor; por terra te lancei, diante dos reis te pus, para que olhem para ti. (Ez 28:17).
No devido contexto a profecia de Ezequiel contra o rei de Tiro parece conter uma referencia velada a Satanás como o verdadeiro governante de Tiro e como o Deus deste mundo (2Co4.4;1Jo5.19).O rei é descrito como um visitante que estava no jardim do Éden (v13),que fora um anjo “querubim ungido” (v14),e uma criatura perfeita em todos os seus caminhos,até que nela se achou iniqüidade (v15).Por causa do seu orgulho pecaminoso (v17),foi precipitado do ‘monte de Deus “(Ez28.16-17;cf. Is14.13-15) (bíblia de estudo pentecostal,CPAD,pg1211).Tal fato não nos causa surpresa, atualmente há governantes em varias partes do mundo que vivem na soberba e estão sob a direção de Satanás...

VERDADE PRÁTICA.
O orgulho é como uma erva daninha, que persiste em se desenvolver num jardim, por mais bem cultivado que seja.
Comente com a sua classe que a palavra orgulho tem duplo sentido em nossa língua portuguesa, devemos evitar o orgulho no sentido pejorativo.

ORGULHO
a) sentimento de prazer, de grande satisfação com o próprio valor, com a própria honra. 
Ex; Um pai que diz estar orgulhoso pela conquista do filho...

b) sentimento egoísta, admiração pelo próprio mérito, excesso de amor-próprio; arrogância, soberba. (sentido pejorativo)( https://www.dicio.com.br/orgulho/)visita em 05/06/17). 
Obs. Este tipo de orgulho deve ser evitado, pois é negativo e danoso.

1. A ORIGEM E PECADOS DOS MOABITAS
Os moabitas são os habitantes de Moabe, que significa "semente do pai". Segundo a Bíblia, os moabitas se originaram de um incesto promovido pela filha mais velha de Ló, sobrinho de Abraão, pouco depois da destruição de Sodoma e Gomorra (Gn 19:31,37).

1.1. Moabe versus Israel 
As discórdias entre Israel e moabe começaram desde os dias de Moisés, especificamente quando o povo de Deus peregrinava pelo deserto e foram impedidos de passar nas terras moabitas.
Porque, subindo Israel do Egito, andou pelo deserto até ao Mar Vermelho, e chegou até Cades.
E Israel enviou mensageiros ao rei dos edomitas, dizendo: Rogo-te que me deixes passar pela tua terra. Porém o rei dos edomitas não lhe deu ouvidos; enviou também ao rei dos moabitas, o qual igualmente não consentiu; e assim Israel ficou em Cades.
(Jz 11:16,17)
A atitude soberba dos moabitas foi relatada por Josafá em suas orações a Deus:
10 — Agora, pois, eis que os filhos de Amom e de Moabe e os das montanhas de Seir, pelos quais não permitiste que passasse Israel, quando vinham da terra do Egito, mas deles se desviaram e não o destruíram,
11 — eis que nos dão o pago, vindo para lançar-nos fora da herança que nos fizeste herdar.
12 — Ah! Deus nosso, porventura, não os julgarás? Porque em nós não há força perante esta grande multidão que vem contra nós, e não sabemos nós o que faremos; porém os nossos olhos estão postos em ti.

1.2. A Palavra do Senhor que veio a Jeremias contra Moabe 
“A soberba precede a ruína, e a altivez do espírito precede a queda” (Pv 16.18).
Foi exatamente isso que ocorreu com Moabe:
A glória de Moabe já não existe mais; em Hesbom tramaram mal contra ela, dizendo: Vinde, e exterminemo-la, para que não seja mais nação; também tu, ó Madmém, serás silenciada; a espada te perseguirá. Voz de clamor de Horonaim; ruína e grande destruição!
Está destruída Moabe; seus filhinhos fizeram ouvir um clamor. (Jr 48:2-4)
Estes povos nunca foram prósperos como nações:

Esses antigos países bíblicos (Edom, Moabe e Amom) constituem hoje em dia o centro-sul da Jordânia. Durante o Milênio eles pertencerão a Israel (Nm 24.17,18; Sl 60.8,9; Is 11.14). Em Isaías 16.1 é mencionada a capital de Edom — Selá (em grego: Petra), a elevada cidade-fortaleza, plantada nas rochas. Isso fica a 96 km ao sul do mar Morto. Edom, Moabe e Amom serão poupados por Deus durante a investida arrasadora do Anticristo contra Israel, a fim de que para aí os judeus escapem. (Ler Daniel 11.41.) Já uma vez Israel refugiou-se aí, quando Babilônia os hostilizou (Jr 40.11,12).” (O Calendário da Profecia, CPAD)

1.3. Não devemos confiar em nossos tesouros 
Porque, por causa da tua confiança nas tuas obras, e nos teus tesouros, também tu serás tomada; e Quemós sairá para o cativeiro, os seus sacerdotes e os seus príncipes juntamente.
Porque virá o destruidor sobre cada uma das cidades, e nenhuma cidade escapará, e perecerá o vale, e destruir-se-á a campina; porque o Senhor o disse.
Dai asas a Moabe; porque voando sairá, e as suas cidades se tornarão em desolação, e ninguém morará nelas. (Jr 48:7-9)
Comente com a classe que prosperidade material não é sinônimo de benção de Deus, pelo contrario em algumas situações podem se tornar um impedimento para entrar no reino de Deus, foi isso que Jesus disse:
Pois mais fácil é passar um camelo pelo fundo de uma agulha, do que entrar um rico no reino de Deus» (Lc 18:24-25),
Paulo também disse:
Mas os que querem ser ricos caem em tentação, e em laço, e em muitas concupiscências loucas e nocivas, que submergem os homens na perdição e ruína.
Porque o amor ao dinheiro é a raiz de toda espécie de males; e, nessa cobiça, alguns se desviaram da fé e se traspassaram a si mesmos com muitas dores.(1Tm6.9-10)

O RICO VERSUS O POBRE
1. Riqueza e arrogância. Uma primeira leitura de Provérbios deixa claro que Deus condena tanto a riqueza adquirida por meios injustos, como a pobreza gerada pela preguiça. Por isso, a riqueza pode ser fruto da justiça, e a pobreza, às vezes, resultado da indolência e do ócio (Pv 28.19,20; 29.3). Ninguém, portanto, deve ser elogiado meramente por ser pobre nem tampouco estigmatizado por ser rico.
Salomão, contudo, sabe que os muitos bens do rico podem levá-lo à prepotência e à arrogância (Pv 18.23). (Lições CPAD Jovens e Adultos, 2013 » 4º Trim.)

2. DEUS NÃO TOLERA O ORGULHO
A mensagem do profeta Isaías é destinada a uma nação orgulhosa: "Ouvimos da soberba de Moabe, a soberbíssima; da sua altivez, e da sua soberba, e do seu furor; a sua jactância é vã." (Is 16:6). O orgulho é complemento da ignorância. Isaías ainda reforça dizendo: "Portanto, Moabe uivará por Moabe; todos uivarão; gemereis pelos fundamentos de Quir-Haresete, pois já estão abalados." (Is 16:7).

2.1. A origem do orgulho 
Deus não suporta a soberba, pois conhece qual é a sua origem. A origem da soberba fica bem explicita nas profecias de Isaias e também muito bem explicado pelo nosso amado Pr.Clementino (comentarista).
Como caíste desde o céu, ó Lúcifer, filho da alva! Como foste cortado por terra, tu que debilitavas as nações!
E tu dizias no teu coração: Eu subirei ao céu, acima das estrelas de Deus exaltarei o meu trono, e no monte da congregação me assentarei, aos lados do norte.
Subirei sobre as alturas das nuvens, e serei semelhante ao Altíssimo. (Is 14:12-14)

2.2. O orgulho é abominação ao Senhor 
A soberba (orgulho) é o antônimo da humildade, e segundo o livro de Provérbios a arrogância evidencia a insensatez de uma pessoa. O temor ao Senhor é o princípio da sabedoria (Pv 1.7), logo quem teme a Deus aborrece o mal; a soberba e a arrogância (Pv 8.13). O temor ao Senhor é um antídoto contra o mal (Pv 16.6). Sem o reverente temor, nos tornamos vulneráveis ao mal, ao pecado.
A soberba não somente desagrada a Deus, mas ela destrói nossos relacionamentos e a nós mesmos. Salomão já era rei quando reconheceu que sem Deus não teria condição de governar o seu povo com justiça. Ele num gesto de humildade pede a Deus sabedoria, pois reconheceu suas limitações. O soberbo não consegue reconhecer suas deficiências.
Atualmente falamos muito a respeito de avivamento. Realmente precisamos de um, porém uma das condições para experimentarmos um avivamento genuíno é a humilhação. Isso mesmo. Observe o que nos diz 2 Crônicas 7.14: “E se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face [...]”.
Que tenhamos consciência de que Deus resiste e continuará resistindo aos soberbos (Tg 4.6). Todavia, o Pai Celeste dá e dará graças àqueles que têm o coração quebrantado e contrito, que se chega a Ele com humildade. (SUBSÍDIOS ENSINADOR CRISTÃO,CPAD,2013,4º trim.)
Existe um ditado que diz: “Se queres conhecer uma pessoa, dê a ela poder”.
Infelizmente o orgulho tem sido demonstrado por pessoas que esperávamos que fossem exemplos dos fieis, mas como já estudamos em lições anteriores, nos últimos dias seriam assim...
Sabe, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos.
Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos, (2Tm3.1-2).

2.3. Deus dá graça aos humildes 
"Humildade
Os humildes não reivindicam autoridade absoluta. Não fingem ter uma sabedoria perfeita. A palavra humildade deriva da palavra latina humus, que significa 'solo' e 'terra'. Os atos de humildade não soam com as palavras 'eu tenho'. Sua música começa com 'eu venho do pó'. Tanto em meio à crise quanto à bonança, a maneira como agem proclama 'eu sou limitado. Não possuo todo o conhecimento, toda a força, todas as habilidades e nunca possuirei'. Tenham eles lido as Escrituras profundamente ou não, eles conhecem em seus corações e sabedoria que se encontra nelas [...].
Agir com humildade não é de modo algum intimidar-se ou esquivar-se. Na verdade, quando se tem de lidar com questões difíceis, os humildes sempre se tornam os mais audazes. Conhecendo suas limitações, eles ficam livres de qualquer necessidade de fingir ser mais do que na verdade são. Conhecendo seu lugar em relação àquele que conhece a todos, eles se abrem a Deus e aos outros de um jeito que o orgulho jamais permitiria. Eles possuem uma forma de liderança que brota de raízes completamente diferentes das que alimentam o 'eu tenho'. Sua liderança é nova e revigorante" (DOUGHTY, S.Vivendo Com Integridade:Liderança espiritual em tempos de crise. 1 Ed., RJ:CPAD,2010,pp.60-61).

3. UMA MOABITA NA GENEALOGIA DE JESUS
Rute fez perante Noemi uma afirmação que transformará sua vida para sempre (Rt 1:16). Diante desta declaração de fidelidade ao Deus de Israel, aquela mulher, que não tinha nenhuma esperança, passou a ser agraciada pelo Senhor, casando-se com um dos homens mais ricos da cidade. Ela se tornou bisavó do rei Davi e, consequentemente, passou a fazer parte da genealogia de Jesus (Mt 1:5).

3.1. A conversão autêntica faz diferença 
Rute se converteu e não mais podia ser tratada como moabita (Dt 23.3). Prova disso, presenciamos nesta descrição de Rute a Noemi, sua sogra: “Disse, porém, Rute: Não me instes para que te deixe e me afaste de ti. Porque aonde quer que tu fores, irei eu; e onde quer que pousares a noite, ali pousarei eu; o teu povo é o meu povo, o teu Deus é o meu Deus”. (Rt 1.16). A finalidade do livro de Rute é mostrar como uma moabita se transformou em um dos ancestrais de Cristo. Para isso, ela teve que aceitar a terra, o povo, os costumes e o principal: o Deus Eterno. Rute teve disposição em deixar para trás tudo que parecia importante em sua vida para dedicar-se a Deus e passar a fazer parte do Seu povo.(suplemento da lição).
A conversão autentica é acompanhada de transformação em todos os sentidos na vida daquele recebe Jesus como o seu salvador, portanto acontecem mudanças na maneira de pensar e de agir pela ação do Espírito Santo. Veja o testemunho de conversão de Paulo:
A mim, que dantes fui blasfemo, e perseguidor, e injurioso; mas alcancei misericórdia, porque o fiz ignorantemente, na incredulidade.
E a graça de nosso Senhor superabundou com a fé e amor que há em Jesus Cristo.
Esta é uma palavra fiel, e digna de toda a aceitação, que Cristo Jesus veio ao mundo, para salvar os pecadores, dos quais eu sou o principal.
Mas por isso alcancei misericórdia, para que em mim, que sou o principal, Jesus Cristo mostrasse toda a sua longanimidade, para exemplo dos que haviam de crer nele para a vida eterna.(1 Tm1:13-16)

3.2.  Quando Deus quer abençoar, não existem fronteiras 
Professor não podemos perder a oportunidade de destacar em nossa classe que a fé de Rute no Deus de Israel foi o motivo principal do rompimento de todas as barreiras que existiam, para que ela recebesse as inúmeras bênçãos. Sem fé é impossível agradar a Deus,no livro de Hebreus capitulo 11 temos diversos exemplos de pessoas que venceram pela fé,um exemplo interessante é o da estrangeira Raabe  
Pela fé caíram os muros de Jericó, sendo rodeados durante sete dias.
Pela fé Raabe, a meretriz, não pereceu com os incrédulos, acolhendo em paz os espias.(Hb 11:30,31)
No Evangelho de Mateus, Rute, a moabita, é mencionada na genealogia de Jesus(Mt 1.5). É muito interessante, que além de Raabe, uma ex-prostituta de Jericó, apareça a moabita Rute oriunda de uma cultura pagã e idólatra. É a prova de que Cristo Jesus veio como o salvador de qualquer ser humano e que a sua graça é capaz de alcançar o mais vil pecador.A história de Rute nos mostra o quanto Deus guia os passos dos que desejam servi-Lo com verdade. Embora vivendo um contexto de escassez e fome, Deus trouxe provisão à necessidade de Rute. A história dessa grande mulher nos estimula a vivermos uma vida de devoção sincera a Deus, sabendo que o Pai é grande o bastante para abençoar o esforço das nossas mãos e a sinceridade da nossa fé. (Ensinador cristão,CPAD,2016,4º trim.)

3.3. A lei do resgate 
A união entre Rute e Boaz não estava em desacordo com a Lei de Deus (Dt 25.5, 10). O propósito desta ordenança era perpetuar a linha familiar do falecido. Se não havia um irmão vivo na família, o compromisso de a família continuar era com o parente do sexo masculino mais próximo do finado (Lv 25.25). No caso em questão, havia um parente mais próximo do que Boaz (Rt 4.6). Havia ainda a responsabilidade de resgatar qualquer propriedade que pertence ao que morrera e que tivesse sido vendida ou confiscada (Lv 25.25). Como o parente mais próximo não quis assumir tal responsabilidade (Rt 4.6), ele abriu mão desse direito e dessa responsabilidade de resgatar Noemi e casar-se com Rute, passando tais obrigações a Boaz.(suplemento da lição)
A declaração de Boaz abençoando Rute pode ser considerada uma oração (Rt 2.12). ‘Recompensa’ aqui é maskoret, uma palavra com sentido de ‘salários’. Boaz credita a Rute o melhor, por sua piedade e escolha do Deus de Israel, e está convencido de que um Deus justo providenciar-lhe-á a justa recompensa. Disse tudo isso por saber que seria ele próprio o instrumento para esta resposta. Deus, frequentemente, usa como seu agente aquele que ora para responder tal oração” (RICHARDS, Lawrence. Guia do Leitor da Bíblia: Uma análise de Gênesis a Apocalipse capítulo por capítulo. 10ª Edição. RJ: CPAD, p.176).
Declaração de Boaz:
O Senhor retribua o teu feito; e te seja concedido pleno galardão da parte do Senhor Deus de Israel, sob cujas asas te vieste abrigar.
E disse ela: Ache eu graça em teus olhos, senhor meu, pois me consolaste, e falaste ao coração da tua serva, não sendo eu ainda como uma das tuas criadas.(Rt 2:12,13) .
CONCLUSÃO
O orgulho é um mal leviano. Em muitas ocasiões, os mais arrogantes são aqueles que ajuízam que não possuem arrogância nenhuma. Exaltar-se da própria modéstia nada mais é do que tomar um banho de orgulho.

Bibliografia
Biblia de estudo pentecostal, Almeida revista e corrigida, Rio de Janeiro, CPAD
Revista EBD Betel Dominical Professor - 2 trimestre 2017, ano 27, número 103 - Editora Betel
PAE - Plano de Aula Expositiva - Auxílio EBD - http://editorabetel.com.br/auxilio/beteldominical/




1. Qual é a origem dos moabitas?
R: Eles se originaram de um incesto promovido pela filha mais velha de Ló, sobrinho de Abraão, pouco depois da destruição de Sodoma e Gomorra (Gn 19:31,37),

2. Em quem devemos confiar mais do que qualquer outra coisa na vida?
R: Em Deus (Sl 91:2).

3. Quem o Senhor blinda?
R: Os que são sinceros de coração (Sl 31:23).

4. De quem Rute é bisavó?
R: Do rei Davi (Mt 1:5).

5. De onde Jesus Cristo nos resgatou?
R: Das trevas (1Pe 2:9).

                                    AGORA VAMOS AOS VÍDEOS SOBRE ESTA LIÇÂO.  TENHA BOM ESTUDO !                                  
Antes de Assistir os vídeos, se a radio do site estiver tocando, suba a página até a radio e 
toque no vídeo da musica que estiver tocando para interromper o som.
                  

                  
                 
                                                                                                                                                                                        
[     


                                                         MUSICAS ESCOLHIDAS DESTA SEMANA                                                              
Antes de Assistir os vídeos, se a radio do site estiver tocando, suba a página até a radio e 
toque no vídeo da musica que estiver tocando para interromper o so

  Quero Descer Quebra o meu orgulho  
Duração: 4:40 minutos - Raquel Mello e Nani Azevedo  


                                                                                                                                                                                      

Nenhum comentário:

Postar um comentário