Total de visualizações de página

segunda-feira, 13 de junho de 2022

Lição 12 - O Trono Branco e o Juízo Final

 


                         CLIQUE AQUI - BAIXAR SLIDE - TELA PROJEÇÃO: PADRÃO

                         CLIQUE AQUI - BAIXAR SLIDE - TELA PROJEÇÃO: WINDSCREEN

                         CLIQUE AQUI - SAIBA COMO BAIXAR SLIDE


Subsídio aos Professores

                                             CLIQUE AQUI - BAIXAR SUBSÍDIO (PDF)

                                             CLIQUE AQUI - BAIXAR SUBSÍDIO (WORD)

                            


Lei 9.610/98 (Direitos Autorais)

Nosso subsídio (comentário da lição) não é o mesmo conteúdo da revista Betel Dominical Adultos, é apenas um texto de auxílio complementar referente aos tópicos e subtópicos da lição.

1 - Satanás é Solto

Vimos na Lição anterior (Lição 11), que Satanás foi preso pelo período de mil anos: "Ele prendeu o dragão, a antiga serpente, que é o Diabo e Satanás, e amarrou-o por mil anos" (Ap 20.2)
Nesta lição 12 baseada no texto de Apocalipse 20.7-15, veremos que este período literal de mil anos chegou ao fim. Foi um período em que a humanidade viveu sem as ações de Satanás, as forças Satânicas foram totalmente neutralizadas; Jesus Cristo trouxe um período de Paz, saúde, prosperidade e segurança para a humanidade.
Stanley Horton: Apocalipse 20.1-3 e vv.7-10 tratam da condenação de Satanás. Ficará preso no abismo durante mil anos. O abismo permanecerá trancado e lacrado acima dele, de modo que não terá nenhuma atividade na terra durante aquele período. Depois, será solto por um pouco de tempo, antes de seu castigo eterno no lago de fogo. [12]

Por que Satanás será Solto ?
(abordaremos essa questão no subtópico 1.3 abaixo.

Vamos nos situar no conteúdo escatológico ?
Pois bem nas lições 1 até 10 estudamos a figura abaixo, que vai do arrebatamento da Igreja de Cristo até a Volta Gloriosa de Cristo, bem como a batalha do Armagedom:


Na Lição anterior estudamos a Lição 11 - A realidade do Milênio identificada graficamente no número (1) e (2) abaixo.
Nessa Lição 12 desta semana, vamos falar sobre a Batalha de Gogue e Magogue e do Juízo do Grande Trono Branco e o Juízo final, identificada graficamente no número (3) e (4) abaixo:


1.1 - Sairá a enganar as nações
"E sairá a enganar as nações que estão sobre os quatro cantos da terra" (Ap 20.8)
Albert Barnes: O significado aqui é que ele agiria novamente por um tempo em seu verdadeiro caráter (O Caráter de Satanás é de um enganador) e, de alguma maneira, iludiria as nações mais uma vez. De que maneira isso seria feito não é afirmado. Seria, no entanto, claramente um apelo às paixões perversas da humanidade, estimulando uma esperança de que eles ainda pudessem derrubar o reino de Deus na terra. [5]
Conforme observei também no comentário de Albert Barnes a expressão "os quatro cantos da terra" não quer nos informar que a terra é uma planície quadrada extendida, ou que a terra é plana, mas que ela é dividida em quatro partes ou quartos: o leste, o oeste, o norte e o sul, aliás, ao profeta Isaías, Deus revelou que a terra é redonda no ano 740 a.C. :
"Ele é o que está assentado sobre o globo da terra, cujos moradores são para ele como gafanhotos; ele é o que estende os céus como cortina e os desenrola como tenda para neles habitar;" (Is 40.22)
Elienai Cabral: Vemos uma descrição na Terra que mostra o fim do período milenial (Ap 20.2,3,7-9). A razão pela qual Satanás será solto é discernido pela sua atividade no tempo de sua soltura. Ele sairá para enganar as nações e promover sua última batalha contra o povo de Deus. [8]

1.2 - Gogue e Magogue: a última rebelião
"E sairá a enganar as nações que estão sobre os quatro cantos da terra, Gogue e Magogue, cujo número é como a areia do mar, para as ajuntar em batalha" (Ap 20.8).
O nome "Gogue" na Bíblia não está relacionado a uma nação, mas está relacionado como o nome de um príncipe, vejamos:
"Veio mais a mim a palavra do SENHOR, dizendo: Filho do homem, dirige o rosto contra Gogue, terra de Magogue, príncipe e chefe de Meseque e de Tubal, e profetiza contra ele. E dize: Assim diz o Senhor Jeová: Eis que eu sou contra ti, ó Gogue, príncipe e chefe de Meseque e de Tubal." (Ez 38.1-3) outras passagens: (Ez 38.16; Ez 38.18)
Albert barnes: Gogue é um invasor da terra de Israel, o príncipe principal de Meseque e Tubal. No Antigo Testamento, a representação parece ser que "Gogue" era o rei de um povo chamado "Magogue". A significação dos nomes é desconhecida [5]  
John Wesley: Magogue, o segundo filho de japhet, é pai das inúmeras nações do norte em direção ao leste. O príncipe dessas nações, das quais consistirá a maior parte desse exército, também é chamado Gogue por Ezequiel (Ez 38:2). Gogue e Magogue significam alto ou elevado; um nome adequado para o príncipe e para o povo. Quando esse feroz líder de muitas nações aparecer, seu nome será conhecido. Gogue reunirá um exército imensamente numeroso [5]
Satanás usará um líder com seu exército numeroso para atacar o governo de Cristo, esse episódio chamamos da Batalha de Gogue e Magogue, será a última revolta ou rebelião de Satanás à Deus.


"E subiram sobre a largura da terra e cercaram o arraial dos santos e a cidade amada; mas desceu fogo do céu e os devorou. E o diabo, que os enganava, foi lançado no lago de fogo e enxofre, onde está a besta e o falso profeta; e de dia e de noite serão atormentados para todo o sempre" (Ap 20.9-10).
Elinaldo Renovato: Pela segunda vez, Deus vai mandar seus mensageiros poderosos prender Satanás (O diabo, o Dragão, a antiga serpente). Só depois da última rebelião do maligno, e de sua prisão para sempre, é que será estabelecido o Juízo Final. [10]

1.3 - A Influência da Natureza pecaminosa
A grande questão é: Por que Satanás será Solto ?
Agora, depois de mil anos, Jesus Cristo fará um último teste com a humanidade. Jesus quer provar os que nasceram durante o Milênio e que ainda não tiveram sua fé provada, diante das tentações malignas:
"para que a prova da vossa fé, muito mais preciosa do que o ouro que perece e é provado pelo fogo, se ache em louvor, e honra, e glória na revelação de Jesus Cristo;" (1Pe 1.7).
Com esse objetivo, Satanás é Solto, e ele sabendo que seu tempo é curto e limitado, fará de tudo para enganar as pessoas e as nações, afastando as pessoas de Cristo, essa será sua última revolta.
O comentarista Pr. William Barros destaca na Revista:

Revista Betel Dominical - Editora Betel - Página 82

2 - É Chegado o Juízo Final
Professor, antes de falar do Juízo Final é interessante, deixar claro para o seu aluno que haverá três julgamentos futuros:
1 - Tribunal de Cristo
2 - Julgamento das Nações
3 - Julgamento Final: Trono Branco
Os alunos, devem saber diferenciá-los, se achar necessário, incorpore o quadro abaixo no slide dessa lição, vejamos:


O Tribunal de Cristo
"Porque todos devemos comparecer ante o tribunal de Cristo, para que cada um receba segundo o que tiver feito por meio do corpo, ou bem ou mal." (2Co 5.10). Características desse Tribunal :
1-  Deus julgará as obras dos crentes, e não os seus pecados
2 - Todas as obras são avaliadas segundo suas intenções e resultados
3 - O Tribunal de Cristo é tratado como doutrina sobre recompensas para os cristãos fiéis a Cristo no que tange as suas obras na terra.
Resumindo, o Tribunal de Cristo não se trata de um julgamento para determinar se o cristão vai para o céu ou para o inferno, se trata de um evento que irá avaliar os serviços prestados na terra por cada cristão.

O Julgamento das Nações
"E todas as nações serão reunidas diante dele, e apartará uns dos outros, como o pastor aparta dos bodes as ovelhas." (Mt 25.32). 
Características do Julgamento das Nações :
1 - Para os sobreviventes da grande tribulação
2 - Objetiva decidir quem entrará no Reino Milenial
Tim LAHAYE: Com a segunda vinda de Cristo, todas as nações do mundo comparecerão perante Ele para serem julgadas, cena descrita na Bíblia como uma separação entre bodes e ovelhas. [11]

O Julgamento Final - Trono Branco
"E vi um grande trono branco e o que estava assentado sobre ele, de cuja presença fugiu a terra e o céu, e não se achou lugar para eles. E vi os mortos, grandes e pequenos, que estavam diante do trono, e abriram-se os livros ..." (Ap 20.11-12)
Características do Julgamento Final :
1 - Serão julgados todos os homens não inscritos no Livro da Vida (Ap 20.12,15)
2 - Após o julgamento, o destino final é o "fogo e tormento eterno" (Mt 25.41,46) e, "segunda morte" (Ap 21.8)
Estudaremos com mais detalhes no próximo subtópico.

A questão aqui é :
Quando começará o Juízo final ou Trono Branco?


2.1 - Trono Branco


Claudionor de Andrade: O Julgamento do Trono Branco ou Juízo final acontecerá num lugar sobrenatural após a condenação do Diabo.  Todos os que estarão perante o juiz serão condenados. Suas condições anteriores eram de "mortos", pois não participaram da primeira ressurreição ( a ressurreição para a vida eterna) mas sim da segunda ressurreição ( a ressurreição para a vergonha e desprezo eterno), [7] 
O Profeta Daniel escreveu sobre O Julgamento do Trono Branco ou Juízo final no Antigo Testamento:
"Naquele tempo, livrar-se-á o teu povo, todo aquele que se achar escrito no livro da vida. E muitos dos que dormem no pó da terra ressuscitarão, uns para a vida eterna, e outros para vergonha e desprezo eterno. Os sábios, pois, resplandecerão como o resplendor do firmamento; e os que a muitos ensinam a justiça refulgirão como as estrelas, sempre e eternamente." (Dn 12.1-3).
No Novo Testamento, Jesus fala sobre o Julgamento do Trono Branco, confirmando que isso não é uma ficção, mas uma realidade:
"E, quando o Filho do Homem vier em glória, e todos os santos anjos, com ele, então, se assentará  no trono da sua glória; e todas as nações serão reunidas diante dele, e apartará uns dos outros, como o pastor aparta dos bodes as ovelhas." (Mt 25.31-41)
Os apóstolos de Jesus também escreveram sobre o Juízo Final :
"Conjuro-te, pois, diante de Deus e do Senhor Jesus Cristo, que há de julgar os vivos e os mortos, na sua vinda e no seu Reino," (2Tm 4.1)
"os quais hão de dar conta ao que está preparado para julgar os vivos e os mortos" (1Pe 4.5)
"E vi tronos, e assentaram-se sobre eles aqueles a quem foi dado o poder de julgar. E vi as almas daqueles que foram degolados pelo testemunho de Jesus e pela palavra de Deus, e que não adoraram a besta nem a sua imagem, e não receberam o sinal na testa nem na mão; e viveram e reinaram com Cristo durante mil anos" (Ap 20.1).
Claudionor de Andrade: O Credo das Assembleias de Deus no Brasil afirmam de forma bem clara e irrespondível: "Cremos no Juízo vindouro que justificará os fiéis e condenará os infiéis", [7] 

2.2 - Os Ímpios Ressuscitarão e serão Julgados
É preciso deixar claro para seus alunos que haverá a primeira e a segunda ressurreição,  nesta lição estamos tratando da Segunda Ressurreição.

Primeira Ressurreição
Ocorrerá em três fases:
1 Fase
   Refere-se à ressurreição de Cristo e de muitos santos do Antigo 
   Testamento. Grupo de pessoas de Mt. 27.52,52.
2 Fase
   Refere-se à ressurreição dos mortos dos crentes fiéis do período 
   neotestamentário, ou seja, referente a nova aliança ou novo testamento.
   Ocorrerá no encontro com Cristo nos ares no dia do arrebatamento.
3 Fase
   Refere-se a ressurreição dos mortos dos crentes fiéis que foram 
   mártires no período da grande tribulação.

Segunda Ressurreição
Ocorrerá no fim de todas as coisas após o reino Milenar de Cristo na terra e após a derrota definitiva de Satanás que será lançado no lago de fogo. Os ímpios serão ressuscitados e então iniciará o Juízo diante do grande trono branco (Ap 20.12; Hb 4.13), também denominado Juízo Final.
Pr. Elienai Cabral afirma em seu estudo que os corpos dos ímpios terão todas as partículas físicas reunidas e transformadas em corpos espirituais, mas sem qualquer glória, eles serão julgados pelas suas obras. "Multidões e multidões que dormem no pó da terra acordarão; uns para a vida eterna, outros para a vergonha, humilhação e para o desprezo eterno" (Dn 12.2) 
"E deu o mar os mortos que nele havia; e a morte e o inferno deram os mortos que neles havia; e foram julgados cada um segundo as suas obras" (Ap 20.13)
Segundo Albert Barnes, quando lemos que os mortos do mar, da morte e do inferno vieram até o Trono Branco para serem julgados, podemos notar o total domínio de Deus sobre os mortos.

2.3 - Grandes e Pequenos
"E vi mortos, grandes e pequenos, que estavam diante do trono" (Ap 20.12)
Ao Profeta Isaías também foi revelado o momento em que Deus despertado os mortos para sair ao seu encontro, inclusive os príncipes da terra, os reis soberbos que morreram no pecado e na arrogância:
"O inferno, desde o profundo, se turbou por ti, para te sair ao encontro na tua vinda; despertou por ti os mortos e todos os príncipes da terra e fez levantar do seu trono a todos o reis das nações." (Is 14.9)
Todos ímpios serão ressuscitados, seja quem for, haverá prestação de contas de todas as suas obras e de tudo o que fizeram através do corpo, seus pecados serão revelados, será terrível, para todos que desprezam a Deus e não se converteram a Cristo.
Adam Clarke: Comparecerão ao trono do juízo final, todos mortos ímpios de todas as classes sociais, graus e condições. [5]
Elinaldo Renovato: Diante de Jesus todo joelho se dobrará! Queiram ou não, se prostrarão diante dEle os ditadores, governantes, juízes, juristas, políticos, cientistas, militares de todas as patentes, milionários, em sua soberba, arrogância e prepotência, e também os pobres, analfabetos e miseráveis, se não tiverem aceitado a Cristo como Salvador. [10]
Diz a Bíblia: "Porque está escrito: Pela minha vida, diz o Senhor, todo joelho se dobrará diante de mim, e toda língua confessará a Deus. De maneira que cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus" (Rm 14.11,12).

3 - O Julgamento é Inevitável
O Pai é o Supremo Juiz, porém Ele confiou ao seu filho unigênito, Jesus Cristo, toda a autoridade no céu e na terra:
"E também o Pai a ninguém julga, mas deu ao Filho todo o juízo." (Jo 5.22)
"E deu-lhe o poder de exercer o juízo, porque é o Filho do Homem." (Jo 5.27).
Segundo o pastor Claudionor de Andrade, "para assisti-lo no tribunal, Jesus terá ao seu lado a Igreja Glorificada" (1Co 6.2,3). Jesus, juntamente com a sua Igreja "há de julgar os vivos e mortos na sua vinda e no seu Reino" (2Tm 4.1b; Sl 9.8).
Paulo afirma que Deus "há de julgar o mundo, por meio do varão que destinou; e disso deu certeza a todos, ressuscitando-o dos mortos" (At 17.31).
Segundo Elionaldo Renovato: "Por meio de Jesus será exercido o julgamento, pois Ele será Supremo Juiz assentado no Trono Branco, no Juízo Final (Jo 5.22,27 ; Ap 20.11) [10]

3.1 - Os Mortos serão Julgados segundo as suas Obras
"E abriram-se os livros, e abriu-se outro livro, que é o da vida, e os mortos foram julgados pelas coisas que estavam escritas nos livros, segundo as suas obras" (Ap 20.12)
Matthew Henry: Há um livro de memórias para o bem e o mal; o livro da consciência dos pecadores, mesmo que antes secreto, então será aberto. Cada homem recordará todos os seus atos passados, ainda que muitos os tenham esquecido há muito tempo. Outro livro será aberto, o livro das Escrituras, a regra da vida; representa o conhecimento do Senhor sobre o seu povo e suas declarações de arrependimento, a fé e as boas obras deles, mostrando as bênçãos do novo pacto. [13]

3.2 - O Julgamento será Individual
O comentarista da revista Pr. William Barros, ressalta:


3.3 - A Sentença será a Segunda Morte
Aqueles cujo nome não estiverem no livro da vida, passará pela segunda morte, vejamos:
"E a morte e o inferno foram lançados no lago de fogo; esta é a segunda morte. E aquele que não foi achado escrito no livro da vida foi lançado no lago de fogo." (Ap 20.14-15)
Elinaldo Renovato: O Dia do Juízo de Deus virá para todos. Se pela fé você já aceitou a Jesus como seu único e suficiente Salvador, sua salvação já está garantida e caso você permaneça fiel até o fim, jamais passará pelo Juízo Final: "Portanto, agora, nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o espírito" (Rm 8.1) [10]

Comentário 
Pr. Éder Tomé

Referências

[1] Bíblia Sagrada (ARC) – Sociedade Bíblica do Brasil - 4° edição - 2009
[2] Bíblia Sagrada King Jones – Atualizada – Fiel aos Originais
[3] Bíblia Sagrada (NTLH) - Linguagem de Hoje
[4] Revista Betel Dominical Adultos - 2T - 2022
[5] versículoscomentados.com.br
[6] Bíblia de Estudo Cronológica - CPAD - Pág. 1838
[7] Claudionor Andrade - Lições Bíblicas - CPAD - Pág.68,71 - 4T - 2004
[8] Elienai Cabral - Lições Bíblicas - CPAD - Pág.63 - 3T - 1998
[9] Esequias Soares - Lições Bíblicas - CPAD - Pág.57 - 3T - 2017
[10] Elinaldo Renovato - Lições Bíblica - CPAD - Pág.74 - 1T - 2016
[11] LAHAYE, Tim. Enciclipédia Popular de Profecia Bíblica - CPAD - P.300
[12] Horton, Stanley - Teologia Sistematica - CPAD - 1996 - pág.638
[13] Comentário Bíblico Matthew Henry - CPAD - 2003 - Pág.1113

4 comentários: