Total de visualizações de página

sábado, 26 de março de 2022

Lição 1 - Apocalipse: O Livro da Revelação

   

                         CLIQUE AQUI - BAIXAR SLIDE - TELA PROJEÇÃO: PADRÃO

                         CLIQUE AQUI - BAIXAR SLIDE - TELA PROJEÇÃO: WINDSCREEN


Subsídio aos Professores

                                             CLIQUE AQUI - BAIXAR SUBSÍDIO (PDF)

                                             CLIQUE AQUI - BAIXAR SUBSÍDIO (WORD)


Lei 9.610/98

Nosso subsídio (comentário da lição) NÃO contem textos ou partes do conteúdo da revista Betel Dominical Adultos, é apenas um texto de auxílio complementar dos tópicos e subtópicos da Lição. 
Estamos de acordo com a Lei de Direitos Autorais (Lei 9.610/98)

1 - Porque Estudar o Livro de Apocalipse?

O Livro de Apocalipse é considerado por muitos cristãos como o livro mais difícil de entender, tendo em consideração, que o livro usa uma linguagem simbólica, assim como outros livros utilizados no estudo da escatologia, como: Daniel, Ezequiel e Zacarias. Entenda Escatologia como o Estudo ou Doutrina das últimas coisas.
“Este livro é claro para uns e misteriosos para outros. Os símbolos eram janelas abertas para os salvos e fechadas para os ímpios.” [4]
É interessante notarmos que após João receber a revelação, Deus ordena para ele não selar as profecias deste livro, porque precisamos lê-las, conhecê-las e estudá-las : “E disse-me: Não seles as palavras da profecia deste livro, porque próximo está o tempo” (Ap 22.10) [1]
O comentarista da Lição, Pr. William Barros, pontua os três principais motivos para estudarmos o Livro de Apocalipse:
1.1 - Prevenção contra Seitas e Heresias
1.2 - Um Chamado a Santificação
1.3 - Uma Exortação à Evangelização

1.1 - Prevenção contra Seitas e Heresias
Livro de Apocalipse cronologicamente é o último livro da Bíblia, é o ponto final, é a conclusão de todos os livros e de todas as profecias anteriormente proferidas. Imagine se não tivéssemos o livro de Apocalipse, a bíblia seria um livro sem uma conclusão final, sem um fim. É através do estudo do livro de Apocalipse que passamos a conhecer alguns temas escatológicos, como:
a) A Volta de Jesus Cristo
b) O Estado Intermediário dos Mortos
c) A Grande Tribulação
d) As Bodas do Cordeiro
e) O Tribunal de Cristo
f) O Milênio
g) Julgamento Final
h) O Novo Céu e Nova Terra

a  Esses temas costumam ser distorcidos por algumas seitas, muitos textos do livro de apocalipse viraram heresias pois não se observou as regras básicas da Hermenêutica, ou seja, sem a análise do contexto e demais textos proféticos de outros livros (como Daniel, Ezequiel, Zacarias, Mateus 24, 1 e 2  Tessalonicense, 1 Coríntios 15, etc.), se originou interpretações incoerentes e/ou fora da mensagem ou revelação original pretendida por Deus para nós. Que Deus nos dê a oportunidade de entender o livro de apocalipse da forma que deve ser compreendido.

   Exemplo de uma heresia sobre o tema “A Volta de Jesus Cristo” , Em apocalipse está escrito: “Eis que vem com as nuvens, e todo o olho o verá, até os mesmos que o traspassaram; e todas as tribos da terra se lamentarão sobre ele. Sim! Amém!” (Ap 1.7). Em Atos está escrito: “E, quando dizia isto, vendo-o eles, foi elevado às alturas, e uma nuvem o recebeu, ocultando-o a seus olhos. E, estando com os olhos fitos no céu, enquanto ele subia, eis que junto deles se puseram dois varões vestidos de branco, os quais lhes disseram: Varões galileus, por que estais olhando para o céu? Esse Jesus, que dentre vós foi recebido em cima no céu, há de vir assim como para o céu o viste ir.” (Atos 1.9-11). Em Mateus está escrito: “Porque o Filho do homem virá na glória de seu Pai, com os seus anjos; e, então, dará a cada um segundo as suas obras” (Mt 16.27) Em João está escrito: “Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim. Na casa de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim, eu vo-lo teria dito, pois vou preparar-vos lugar. E, se eu for e vos preparar lugar, virei outra vez e vos levarei para mim mesmo, para que, onde eu estiver, estejais vos também.” (Jo 14.1-3). Embora esses textos bíblicos mencionados (e tanto outros) apontem que Jesus Voltará novamente para buscar a sua Igreja, há quem negue a Volta de Jesus Cristo dentro das denominações ditas evangélicas, declarando a volta de Jesus como uma utopia (uma ilusão, uma fantasia ou ainda algo que será irrealizável), eis aqui o perigo do Liberalismo Teológico.

Exemplo de outra heresia sobre o versículo : “Então me foi revelado o número dos que foram selados: “cento e quarenta e quatro mil, de todas as tribos de Israel” (Ap 7.4). Charles Taze Russel (1853-1916) fundador das Testemunhas de Jeová, afirmou que o fim do mundo ocorreria quando seu movimento denominacional atingisse 144 mil adeptos, depois de sua morte, seu sucessor Joseph Franklin Rutherford (1896-1942) fez uma nova interpretação afirmando que os 144 mil são os escolhidos do seu movimento denominacional que irão reinar com Cristo no céu, e o restante viverão na Terra sob o Senhorio de Cristo. Há várias interpretações sobre os “144 mil selados”, sem entrar em detalhes, essa interpretação acima está incoerente e fora de contexto, logo no versículo mais abaixo diz: “Em seguida, olhei, e diante de mim descortinava-se uma grande multidão tão vasta que ninguém podia contar, formada por pessoas de todas as nações, tribos, povos e línguas. Estavam em pé, diante do trono do Cordeiro, vestidos com túnicas brancas, empunhando folhas de palmeira” (Ap 7.9) [5] Neste versículo fala de uma multidão incontável que foi para o céu e não apenas os 144 mil, que na interpretação simbólica e não literal, simboliza as primícias dos salvos, os remanescentes do chamado Israel  espiritual (Rm 2.28-29) ou ainda os 144 mil que são uma amostra da incontável multidão que será salva e levado para o céu. [6] Não é adequado fazer uma interpretação literal do versículo Ap 7.4 afirmando que os salvos que vão para o céu são apenas 144 mil dos filhos de Israel, ou pior, que estes 144 mil se trata do número de adeptos das “Testemunhas de Jeová” que vão morar no céu. Está aqui dois motivos para se estudar o Livro de Apocalipse: saber refutar as seitas e heresias, e também, prevenir de ingerir falsos ensinos. 


1.2 - Um Chamado a Santificação
O tema “volta de Jesus Cristo” e “fim do mundo”  já na época dos discípulos despertava interesses, vejamos : “E, estando assentado no monte das Oliveiras, chegaram-se a ele os seus discípulos, em particular, dizendo: Dize-nos quando serão essas coisas e que sinal haverá da tua vinda e do fim do mundo?” (Mt 24.3) [1] 
A resposta de Jesus não estava alinhada com a data exata da Sua segunda vinda e final do mundo. A resposta de Jesus estava alinhada para cada um “estar preparado” para este grande dia, isto é, estar preparado para a ocorrência desse evento em qualquer momento, onde cada um estivesse vivendo em Santidade.
O livro de Apocalipse faz um alerta para não esquecermos a doutrina da Santificação, santidade é um parâmetro que Deus exige para herdar a vida eterna: “Eis que venho como vem o assaltante. Bem-aventurado todo aquele que se mantém alerta e conserva suas vestes preparadas, pois assim não terá de correr nu e ter sua vergonha exposta ao público” (Ap 16.15) “Ora, quem é injusto, continue na injustiça; quem é mundano, continue na impureza; mas quem é justo, firme-se na prática da justiça; e quem é santo, continue a buscar a santificação” (Ap 22.11) [5] 
O Autor de Hebreus confirma: “Esforçai-vos para viver em paz com todas as pessoas e em santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor.” (Hb 12.14) [5]. Paulo reforça : “Que o próprio Deus da paz vos santifique integralmente. Que todo o vosso espírito, alma e corpo sejam mantidos irrepreensíveis na vinda de nosso Senhor Jesus Cristo.” (1Ts 5.23) “Pois Deus não nos convocou para a impureza, mas sim para a santificação.” (1Ts 4.7) “Amados, visto que temos essas promessas, purifiquemo-nos de tudo o que possa contaminar o corpo e, por conseguinte a alma, aperfeiçoando a santidade no temor de Deus” (2Co 7.1) [5] 
É possível viver em Santidade? Sim, através do sangue de Jesus (Hb 13.12), do Espírito Santo (2 Ts 2.13) e da Bíblia Sagrada (Jo 17.17).

1.3 - Uma Exortação à Evangelização
Assim como a porta da arca de Noé se fechou, a porta da graça também se fechará, e como ficarão as pessoas do lado de fora? Reflita essa questão com seus alunos.
Noé pregou para o povo de sua geração e nós? Estamos preocupados com a vida espiritual das pessoas? Evangelizar é tarefa de todos os cristãos, uma ordenança de Jesus Cristo (At 1.8). O Evangelho é a mensagem que o mundo precisa tanto nos dias em que estamos vivendo, onde os princípios bíblicos estão sendo subtraídos a cada dia em uma sociedade corrompida pelo pecado. Não é tempo de ficar retido dentro da igreja, é necessário sair de dentro das quatro paredes e ir onde estão os pecadores.

2 - Aspectos Importantes do Livro
Neste tópico, Pr.William Barros faz uma colocação muito interessante de Apocalipse 1.3 sobre a tríplice bem-aventurança (felicidade suprema) para :

O comentarista da Lição, Pr. William Barros, pontua os três aspectos importantes do Livro de Apocalipse:

2.1  – O Número Sete no Apocalipse

2.2 – A Soberania e o Plano Divino

2.3 – Os Perigos ao Lidar com o Apocalipse


2.1 - O Número Sete no Apocalipse
Na sequência o comentarista Pr. William Barros faz uma análise superficial sobre o Número Sete no livro de Apocalipse. Alguns teólogos descrevem o número Sete como o número completo, número da perfeição divina e consumação. O número Sete é o número máximo de Deus, o número limite para Deus estabelecer seus planos.

O número Sete aparece 368 vezes na Bíblia toda, logo no primeiro capítulo da Bíblia, Gênesis 1, o número 7 é utilizado, Deus descansa no sétimo dia depois da criação, indicando que tudo estava criado, estava finalizado, “completo”.

Ao longo de toda leitura Bíblica, vemos muitos fatos relacionados ao número Sete, veja alguns exemplos:

- Sete são as hastes do candelabro do tabernáculo. (Êxodo 25.37)

- Sete vacas magras comiam Sete vacas gordas. (Gn 41.4)

- Sete espigas miúdas devoravam Sete espigas grandes e cheias (Gn 41.7)

- Sete vezes Caim foi castigado (Gn 4.24)

- Sete dias para consagrar um sacerdote (Êx 29.35)

- Sete anos deveria ter o boi que Gideão deveria sacrificar (Jz 6)

- Sete dias é o tempo de duração da festa dos tabernáculos (Lv 23.24)

- Sete tranças haviam no cabelo de Sansão (Jz 16.19)

E tantas outras podem ser encontradas na sua “Concordância Bíblica”. E ainda temos os Múltiplos de sete, alguns exemplos :

- As setenta Semanas de Daniel (Dn 9.24)

- Os setenta anos de cativeiro Babilônico (Jr 29.10)

- Setenta vezes Sete são as vezes que devemos perdoar nosso irmão (Mt 18.22)

Em Apocalipse, o número Sete é utilizado mais de 50 vezes, da qual nosso comentarista menciona algumas na nossa revista, destacamos aqui :

- Sete Igrejas da Ásia (representando a integridade do corpo de Cristo)

- Sete selos (representando a plenitude da punição de Deus sobre a terra) [7]


2.2 - A Soberania e o Plano Divino
“O Senhor dos Exércitos. Deus de Israel, que habitas entre os querubins; tu és Deus, tu somente, de todos os reinos da terra, tu fizestes os céus e a terra.” (Isaías 37.16)

Quem se assemelha ao nosso Deus Criador, em poder e glória? Deus está acima de tudo e de todos, quem poderia frustrar os planos de Deus? Haveria algum impedimento para o nosso Deus Soberano que detém todo o domínio e poder sobre todas as coisas?

Irmãos, nada sai do controle de Deus e ninguém pode interferir no Plano Divino. Ninguém passa do limite estabelecido por Deus, o criador e mantenedor de todas as coisas. Vladimir Putin presidente da Rússia invadiu a Ucrânia porque Deus permitiu, a pandemia do Coronavírus atingiu a totalidade do planeta terra porque Deus permitiu e o anticristo se manifestará nesse mundo somente quando Deus permitir.

“Este livro magnifica a grandeza e a glória de Cristo. É a revelação de Jesus, da sua glória, majestade e triunfo, e não simplesmente a revelação de eventos futuros” [4] No cenário do  livro de apocalipse aparece : A Terra, o diabo, a figura do anticristo e do falso profeta, os ímpios, a igreja. No final, a terra sofrerá o juízo de Deus,  Jesus triunfará com a Igreja sobre o diabo, anticristo, falso profeta e ímpios. 


2.3 - Os Perigos ao Lidar com o Apocalipse
De novo, o Estudo do Livro de Apocalipse deve ser realizado obedecendo as regras básicas da Hermenêutica, ou seja, analisando o contexto e demais textos proféticos de outros livros (como Daniel, Ezequiel, Zacarias, Mateus 24, 1 e 2  Tessalonicense, 1 Coríntios 15, etc.). A Bíblia interpreta-se a si mesma, isso é regra de ouro !

Qualquer estudo bíblico requer dedicação, não se lê a bíblia de modo mecânico (desligado, inconsciente), ore antes de iniciar o estudo, busque o conhecimento lendo a Bíblia com métodos adequados, através de uma leitura exegética, ou seja, aplicando a hermenêutica bíblica, consultando concordâncias Bíblicas, dicionários, enciclopédias, sites na internet que tenha fonte confiável, livros de autores confiáveis e de boa referência, comentários bíblicos, leia os textos em várias versões da bíblia (eu particularmente sempre estou com quatro, a King James ajuda bastante no entendimento de alguns versículos).

“Medita estas coisas; ocupa-te nelas, para que o teu aproveitamento seja manifesto a todos.” (1Tm 4.15) [1]

“Sendo assim, temos ainda mais concreta a Palavra dos profetas, e fazeis muito bem em prestar atenção a ela, como a uma candeia que brilha nas trevas, até que todo o dia se ilumine e a estrela da alva nasça em vossos corações.” (2Pe 1.19) [5]

O que a Bíblia não diz, não devemos especular, não tente entender o texto por meio da vossa própria razão e interesse. O que não foi revelado ou está encoberto pertence ao Senhor : “As coisas encobertas são para o Senhor, nosso Deus; porém as reveladas são para nós e para nossos filhos, para sempre, para cumprirmos todas as palavras desta lei” (Dt 29.29) [1]


3 - Uma Visão Panorâmica do Livro do Apocalipse
A Palavra “Apocalipse” vem do termo grego “Apokalypis” que significa “Revelação” ou ainda “desvelamento”. Abaixo o versículo principal do Livro de Apocalipse : “Revelação de Jesus Cristo, a qual Deus lhe deu, para mostrar aos seus servos as coisas que brevemente devem acontecer; e pelo seu anjo as enviou, e as notificou a João seu servo.” (Ap 1.1) [1]. Deus revelou, o oculto, o que estava escondido, tirou o véu acerca dos acontecimentos das últimas coisas que sucederão na história da humanidade aqui na terra. 

3.1 - O Local da Revelação do Livro
 Deus fez esta revelação na ilha de Patmos, no primeiro século (entre os anos 90 e 100 d.C no tempo do governo de Domiciano), ao apóstolo João quando estava ali aprisionado, visto que este local era utilizado pelo Império romano como um local de exílio, isolamento de presos. A pequena ilha de Patmos possui 45 Km² , localizada a 55 km da costa sudoeste da Turquia, no Mar Egeu, com uma população aproximada de 3 mil habitantes em 2011.[2] Segundo a Tradição, o apóstolo João estava em uma caverna quando recebeu a revelação de nosso Senhor Jesus, local hoje denominado como “Caverna do Apocalipse” que virou Patrimônio Mundial pela Unesco [3].

Primariamente o livro foi destinado as sete igrejas da Ásia menor (Laodiceia, Éfeso, Pérgamo, Sardes, Filadélfia, Tiatira e Esmirna), hoje é a atual região da Turquia : “João, às sete igrejas que estão na Ásia: Graça e paz seja convosco da parte daquele que é, e que era, e que há de vir, e da dos sete Espíritos que estão diante do seu trono; e da parte de Jesus Cristo ...” (Ap 1.4-5) [1]


3.2 - Sua Mensagem Abrangente
Sua mensagem hoje alcança os três tipos de povos existente na terra: Israel, os gentios e a Igreja. 

3.3 - O Tema Central do Apocalipse
O Tema do Livro de Apocalipse é centrado na pessoa de Jesus Cristo.
“O tema do Livro de Apocalipse é a vitória de Cristo e de sua Igreja sobre Satanás e seus seguidores”  [4] , vejamos : “Estes combaterão contra o Cordeiro, e o Cordeiro os vencerá, porque é o Senhor dos senhores e o Rei dos reis, vencerão os que estão com ele, chamados, eleitos e fiéis.” (Ap 17.14) [1]

Comentário 
Pr. Éder Tomé

Referências

[1] Bíblia Sagrada (ARC) – Sociedade Bíblica do Brasil - 4° edição - 2009
[3] Smith’s Bible Dictionary
[4] Apocalipse: o futuro chegou, Hernandes Dias Lopes, Ed.Hagnos, Pág. 17-19
[5] Bíblia Sagrada King Jones – Atualizada – Fiel aos Originais
[6] Pr.Host Kuchenbecker – IELB
     http://horstkuchenbecker.blogspot.com/2017/11/apocalipse-o-agora-e-o-porvir.html
[7] https://www.gotquestions.org/Portugues/numero-sete.html

15 comentários:

  1. Muito bom o material, Deus abençoe sempre!!!

    ResponderExcluir
  2. Paz de Cristo, panorama rico sobre o livro Apocalipse. Parabéns pelo trabalho tão organizado e profundo. Deus seja louvado em suas vidas e muito obrigado por essa contribuição tão importante para todos aqueles que almejam estudar e se aprofundarem na santa e bendita palavra de Deus. Sou pr.Marcelino da cidade de Santo André no ABC Paulista e acompanho o trabalho de voces a muito tempo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pr Marcelino, Deus abençoe por essas palavras tão incentivadoras e pela confiança depositada em nosso trabalho. Estamos Juntos nessa nobre missão EBD. A Paz de Nosso Senhor Jesus Cristo.

      Excluir
  3. OK MEU AMADO IRMÃO MUITO BOM ESTUDO.
    QUE DEUS O ABENÇOE👏👏👏👏👏

    ResponderExcluir
  4. Paz do Senhor meus irmãos
    Parabéns pelo comentário, muito edificantes e proveitoso para nosso aprendizado. Deus continue abençoando suas vidas.

    ResponderExcluir
  5. Paz do senhor irmãos,sou grata ao meu Deus pela vida de cada um de vocês,estes estudo e edificante em nossas vidas muito bom esse estudo vcs não tem ideia o quanto Deus usam vcs, pra nos abençoar, muito grata.

    ResponderExcluir
  6. Quem pena que a CPAD proibiu os das suas revistas. Nós ajudava muito

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. não perca nosso contato, preencher ficha de contato ou whatsapp (11)98180-6767 , quem sabe logo vamos conseguir resolver esta questão CPAD

      Excluir
  7. Que Maravilha..
    Deus continue abençoando 🙋🏻‍♂️

    ResponderExcluir
  8. Sou a Missionária Dilmar e Fiquei muito feliz de vê que voltou as complementações da revista nos ajuda tanto na compreensão da lição. Deus os abençoe e estamos firme nessa missão de sermos professores da EBD.

    ResponderExcluir