sábado, 8 de fevereiro de 2020

Lição 7 - A Queda do Ser Humano

 


                                                                                                                                                 

Aula Presencial dia 16 de Fevereiro de 2020

                                                                                                                                                 








                                                                                                                                                 

Hinos Sugeridos da Harpa Cristã
192 - Pelo Sangue

334 - O Fim Vem, Cuidado

471 - Avançai Fiéis




                                                                                                                                                 



Gênesis 3.1-7
1 - Ora, a serpente era mais astuta que todas as alimárias do campo que o Senhor Deus tinha feito. E esta disse à mulher: É assim que Deus disse: Não comereis de toda árvore do jardim?
2 - E disse a mulher à serpente: Do fruto das árvores do jardim comeremos,
3 - mas, do fruto da árvore que está no meio do jardim, disse Deus: Não comereis dele, nem nele tocareis, para que não morrais.
4 - Então, a serpente disse à mulher: Certamente não morrereis.
5 - Porque Deus sabe que, no dia em que dele comerdes, se abrirão os vossos olhos, e sereis como Deus, sabendo o bem e o mal.
6 - E, vendo a mulher que aquela árvore era boa para se comer, e agradável aos olhos, e árvore desejável para dar entendimento, tomou do seu fruto, e comeu, e deu também a seu marido, e ele comeu com ela.

7 - Então, foram abertos os olhos de ambos, e conheceram que estavam nus; e coseram folhas de figueira, e fizeram para si aventais.

                                                                                                                                                 





                                                   

Texto Áureo
"Pelo que, como por um homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado, a morte, assim também a morte passou a todos os homens, por isso que todos pecaram." (Rm 5.12)

Verdade Prática
Ao pecar contra Deus, o homem perdeu o completo domínio sobre a criação e tornou-se vulnerável à morte; em Cristo, porém, temos o Reino e a vida eterna.

Objetivo Geral
Conscientizar acerca da gravidade da queda do ser humano.

Introdução
[...] a narrativa do pecado de Adão e Eva, longe de ser uma parábola, foi um evento real, cuja literalidade não pode ser questionada, pois acha-se referendada em toda a Bíblia.
[...] Trata-se, pois, de uma temática imprescindível ao estudo da doutrina do homem, conforme a encontramos na Bíblia Sagrada.


I - Livre-Arbítrio do Ser Humano

1 - O Livre-Arbítrio
É o dom que recebemos de Deus, através do qual podemos, desimpedidamente, escolher entre o bem e o mal.
"E será que, se ouvires a voz do Senhor, teu Deus, tendo cuidado de guardar todos os seus mandamentos que eu te ordeno hoje, o Senhor, teu Deus, te exaltará sobre todas as nações da terra." (Dt 28.1)
"Porém, se vos parece mal aos vossos olhos servir ao Senhor, escolhei hoje a quem sirvais: se os deuses a quem serviram vossos pais, que estavam dalém do rio, ou os deuses dos amorreus, em cuja terra habitais; porém eu e a minha casa serviremos ao Senhor." (Js 24.15)
"Então, Elias se chegou a todo o povo e disse: Até quando coxeareis entre dois pensamentos? Se o Senhor é Deus, segui-o; e, se Baal, segui-o. Porém o povo lhe não respondeu nada." (1Rs 18.21)
A Bíblia ensina que o homem é livre para escolher entre o bem e o mal.
Você é livre para escolher, entre dois senhores, mas não é livre para ajustar as consequências de sua escolha. Cada um dos dois senhores recompensa, com um tipo diferente de moeda. A moeda do pecado é a morte eterna. Isso é tudo o que você pode esperar, na vida sem Deus. A moeda de Cristo é a vida eterna, a nova vida com Deus, que se inicia na terra, e continua para sempre, com Deus. (Bíblia de Estudo Cronológica Aplicação Pessoal - CPAD - Pág 1674)

2 - A Soberania Divina
É o direito absoluto, irrestrito e inquestionável, que possui Deus sobre toda a sua criação (Êx 9.29; Dt 10.14; Sl 135.6). 
"Mas quem é você, ó homem, para questionar a Deus? Acaso aquilo que é formado pode dizer ao que o formou: Por que me fizeste assim?" (Rm 9.20).

3 - A Responsabilidade Humana
Entre o livre-arbítrio e a soberania divina encontra-se a nossa responsabilidade (Jr 35.13).
[...] Todavia, Ele nos chamará, um dia, a prestar contas quanto às nossas escolhas (Ec 11.9; 12.14).


II - A Queda, um Evento Histórico e Literal

1 - A Possibilidade de Queda
Deus criou Adão e Eva livres, permitindo-lhes o direito de obedecê-lo ou não.Todavia, a ordem do Senhor, concernente à árvore da ciência do bem e do mal, era bastante clara : 
"E o Senhor Deus fez brotar da terra toda árvore agradável à vista e boa para comida, e a árvore da vida no meio do jardim, e a árvore da ciência do bem e do mal." (Gn 2.9)
"E ordenou o Senhor Deus ao homem, dizendo: De toda árvore do jardim comerás livremente, mas da árvore da ciência do bem e do mal, dela não comerá; porque, no dia em que dela comeres, certamente morrerás." (Gn 2.16,17)
A árvore da vida e a árvore da ciência do bem e do mal eram árvores reais? Há duas teorias que são apresentadas frequentemente:
(1) As árvores eram reais, mas tinham sua simbologia. A vida eterna com Deus era retratada como o comer da árvore da vida
(2) As árvores eram reais, e possuíam propriedades especiais. Comento o fruto da árvore da vida, Adão e Eva poderiam ter a vida eterna, desfrutando de um relacionamento permanente como filhos de Deus.
Seja como for, o pecado de Adão e Eva os separou da árvore da vida, e assim os impediu de obter a vida eterna. Curiosamente, a árvore da vida aparece novamente em uma descrição de Apocalipse 22, a respeito de pessoas que desfrutam da vida eterna com Deus.
Deus poderia ter impedido Eva  de comer o fruto da árvore da ciência do bem e do mal, não o fez porque como já estudamos no tópico 1, Deus deu a Adão e Eva o livre-arbítrio, a possibilidade de fazer escolhas, infelizmente o casal optou por uma escolha errada.

2 - A Realidade da Tentação
Ao ser tentada pela serpente, Eva deixou-se enganar pela velha e bem arquitetada mentira de Satanás - a possibilidade de o homem vir a ser um deus. (vamos ler o texto de Gênesis 3.1-6)
1 - Ora,  a serpente era mais astuta que todas as alimárias do campo que o Senhor Deus tinha feito. E esta disse à mulher: É assim que Deus disse: Não comereis de toda árvore do jardim?
2 - E disse a mulher à serpente: Do fruto das árvores do jardim comeremos,
3 - mas, do fruto da árvore que está no meio do jardim, disse Deus: Não comereis dele, nem nele tocareis, para que não morrais.
4 - Então, a serpente disse à mulher: certamente não morrereis.
5 - Porque Deus sabe que, no dia em que dele comerdes, se abrirão os vossos olhos, e sereis como Deus, sabendo o bem e o ma.
6 - E, vendo a mulher que aquela árvore era boa para se comer, e agradável aos olhos, e árvore desejável para dar entendimento, tomou do seu fruto, e comeu, e deu também a seu marido, e ele comeu com ela
A serpente, Satanás, tentou Eva, fazendo com que ela duvidasse da bondade de Deus. ele sugeriu que Deus era rígido, mesquinho, egoísta, por não querer compartilhar com Eva seu conhecimento do bem e do mal. Satanás fez com que Eva se esquecesse de tudo o que Deus lhe dera e, em vez disso, se concentrasses no que Deus havia proibido.
Nós também caímos em problemas quando nos concentramos naquilo que Deus proíbe, e não nas incontáveis bênçãos e promessas que Deus nos deu. Na próxima vez em que você estiver com pena de si mesmo, por causa do que você não tem, considere tudo o que você tem, e agradeça a Deus. Então, suas dúvidas não levarão você ao pecado.
(Bíblia de Estudo Cronológica Aplicação Pessoal - CPAD - Pág.11)
Apóstolo Paulo mencionando este ocorrido deixou estas palavras : 
"Mas temo que, assim como a serpente enganou Eva com a sua astúcia, assim também sejam de alguma sorte corrompidos os vossos sentimentos e se apartem da simplicidade que há em Cristo." (2Co 11.3).
No instante seguinte, Adão e Eva pecaram contra Deus : 
"E Adão não foi enganado, mas a mulher, sendo enganada, caiu em transgressão" (1Tm 2.14). 
Tendo em vista a representatividade de Adão, foi ele responsabilizado pela entrada do pecado no mundo : "Pelo que, como por um homem entrou pecado no mundo, e pelo pecado, a morte, assim também a morte passou a todos os homens, por isso que todos pecaram." (Rm 5.12)
Há uma extensa lista de palavras na Bíblia para designar o pecado, todavia aqui gostaria de deixar a definição de 1 João 3.4 que diz "pecado é a transgressão da lei". Como vimos acima foi exatamente isso que Eva fez, ela transgrediu a ordem divina.
Quando o casal comeu do fruto proibido, eles perceberam que estavam nus e procuraram se esconder da presença de Deus (Gn 3.7,8). Era a ruptura imediata da comunhão com Deus, a morte espiritual. (Pr. Esequias Soares - Revista CPAD Adultos - 3T - 2017).


3 - A História da Queda
A narrativa da queda do ser humano tem de ser acolhida de forma literal, pois o livro de Gênesis não é uma coleção de parábolas mitológicas, mas um relato histórico confiável.
Apóstolo Paulo mencionou o ocorrido com Eva como fato verídico para a Igreja de Corinto : "Mas temo que, assim como a serpente enganou Eva com a sua astúcia, assim também sejam de alguma sorte corrompidos os vossos sentimentos e se apartem da simplicidade que há em Cristo." (2Co 11.3).
"Porque tudo que dantes foi escrito para nosso ensino foi escrito, para que, pela paciência e consolação das Escrituras, tenhamos esperança. (Rm 15.4).
O conhecimento das Escrituras afeta nossa atitude com relação ao presente e ao futuro. Quanto mais soubermos do que Deus fez nos anos anteriores, mais confiança teremos sobre aquilo que Ele fará nos dias futuros. Precisamos ler nossas Bíblias diligentemente, para que possamos ter a confiança de que a vontade de Deus é o melhor para nós.(Bíblia de Estudo Cronológica Aplicação Pessoal - CPAD - Pág.1689).


III - As Consequências da Queda de Adão

1 - A Consciência do Pecado
Ao tentar a mulher, a antiga serpente prometeu-lhe a onisciência divina, mas o que os nossos pais herdaram foi uma consciência pecaminosa geradora de obras mortas (Gn 3.1-6; Tt 1.15; Hb 9.14). 

2 - A Perda da Comunhão com Deus
Em consequência de seu pecado, Adão e Eva foram expulsos da presença de Deus (Gn 3.23,24).
[...] Desde a queda, o ser humano, para reatar a comunhão com Deus, tem de aproximar-se dele pela fé (Hb 11.6) [...]

3 - A Transmissão do Pecado à Espécie humana
[...] Aquilo que chamamos de “pecado original" contaminou universalmente a humanidade.
A Bíblia ensina que o pecado de Adão afetou todos os homens : "Pelo que, como por um homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado, a morte, assim também a morte passou a todos os homens, por isso que todos pecaram" (Rm 5.12).
"Não há um justo, nenhum sequer; não há que faça o bem, nenhum sequer" (Rm 3.10-12). 
Esta transgressão de Adão é denominada de "pecado original", devido a este "pecado original" já nascemos com uma inclinação maligna para o pecado, por isso o apóstolo Paulo afirma : "porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus" (Rm 3.23)
Apóstolo João afirma : "Se dissermos que não temos pecado nenhum, a nós mesmos nos enganamos, e a verdade não está em nós" (1Jo 1.8)
O pecado de Adão fê-lo culpado, e sua culpa foi automaticamente imputada a toda a sua descendência, apóstolo Paulo diz " ...éramos por natureza filhos da ira..." (Ef 2.3). 

4 - A Enfermidade da Terra
Por causa do pecado de Adão, até a própria Terra adoeceu.
Expulso do Éden, Adão teria de trabalhar, com redobrado esforço, a fim de prover o seu sustento cotidiano (Gn 3.17).
Desde então o nosso planeta vem sofrendo com fomes, tremores de terra e inundações (Mt 24.7).
[...] quando o Reino de Deus manifestar-se, logo após a Grande Tribulação, o planeta será curado de todas as suas enfermidades (Is cap. 35).

5 - A Morte Física
A morte física é a mais triste consequência do pecado.
A Bíblia menciona três tipos de morte, a saber:
1 - Morte física : Separação da alma e corpo
2 - Morte Espiritual : Separação da alma de Deus pelo pecado resultando 
     a perda da comunhão do homem com o Criador

3 - Segunda Morte : refere-se ao lago de fogo onde todos aqueles que 
     estão separados de Deus pelo seu pecado habitarão por 
     toda a eternidade. 
A morte, para Adão, naquele dia do seu pecado não foi uma cessação imediata de sua vida física, mas iniciou-se, sem dúvida a deterioração desta vida física. A morte, teve, também, uma afetação espiritual, porque implicou no rompimento da comunhão imediata e plena com o Criador. isso causou-lhe "morte espiritual". (Pr. Elienai Cabral - Revista CPAD - 1T 2001 - Pág.42)
"Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus, nosso Senhor." (Rm 6.23).
Reflita com seu aluno que a punição do pecado é inevitável, sendo o homem um pecador, ele está em débito para com Deus e precisar quitá-lo, todavia, o preço e muito alto : "o salário do pecado é a morte" (Rm 6.23). Deus requer juízo contra o pecado.
A Bíblia diz que somente Cristo poderia mudar essa situação, e de fato o fez: resgatou-nos das garras do diabo, pagando um alto preço por nossa redenção : "Porque também Cristo padeceu uma vez pelos pecados, o justo pelo injustos, para levar-nos a Deus; mortificado, na verdade, na carne, mas vivificado pelo Espírito," (1Pe 3.18)
Cristo nos resgatou com seu precioso sangue: "sem derramamento de sangue não há remissão de pecados (Hb 9.22)
"Porque o Filho do Homem também não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate de muitos." (Mc 10.45)
"Porque fostes comprados por bom preço; glorificai, pois a Deus no vosso corpo e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus." (1Co 6.20)
"o qual se deu a si mesmo em preço de redenção por todos, para servir de testemunho a seu tempo." (1Tm 2.6)

Todavia, a pior morte que alguém pode experimentar é a separação eterna de Deus; a segunda morte.
"Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas: O vencedor de nenhum modo sofrerá dano da segunda morte." (Ap 2.11)
Em 1 João 5.4 " ...." Jesus prometeu que os crentes vencedores não experimentarão o lago de fogo. A segunda morte é exclusivamente para aqueles que rejeitarão a Cristo.

[...] aos que já receberam Jesus Cristo como Senhor e Salvador, a morte não terá efeito, porque Ele é a ressurreição e a vida (Jo 11.25).
"Bem-aventurado e santo é aquele que tem parte na primeira ressurreição; sobre esses a segunda morte não tem autoridade; pelo contrário, serão sacerdotes de Deus e de Cristo e reinarão com eles os mil anos." (Ap 20.6)

                  Conclusão
Dois fatos marcam a doutrina do homem nas Sagradas Escrituras: a criação e a queda. [...] o pecado de Adão trouxe graves consequências a criação ... mas Deus em sua presciência, já havia separado o Imaculado Cordeiro, desde a fundação do mundo, para redimir-nos ...
Nossa verdadeira cidadania vem do céu, e o "mesmo Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus" (Rm .16). Você tem convicção de que o seu nome esta arrolado no Livro da Vida? Você compreende o valor disso? (Pr. Elienai Cabral - Revista CPAD 3T 2013 - pág.68)

Fonte
Revista CPAD - Lições Bíblicas Adultos. Tema: A Raça Humana Comentarista Pr. Claudionor de Andrade, 1 Trimestre 2020.


                                                            Vídeos Pré-Aula                                                       














                                                                                                                                                 


Estimado professor, segue abaixo alguns links com material de apoio desta lição.

Clique Aqui - Baixar Subsídios EBD Andradina - Prof. José Junior

                                                                                                                                                 

Nenhum comentário:

Postar um comentário